15:05 08 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Charges

    Aquela pitada de loucura deixa tudo com sabor antirrusso

    Charges
    URL curta
    0 25
    Nos siga no

    Ontem (31), Facebook, Google e Twitter divulgaram os dados sobre a suposta intervenção russa nas eleições dos EUA em 2016, afirmando que nas redes circularam milhões de publicações de contas falsas russas.

    Aquela pitada de loucura deixa tudo com sabor antirrusso

    Os novos dados apareceram um dia antes de os gigantes da Internet explicarem ao Congresso norte-americano por que suas plataformas não impediram a divulgação das supostas desinformações das contas acima citadas.

    Segundo o Facebook, as publicações ligadas aos interesses da Rússia teriam sido vistas na rede por 126 milhões de norte-americanos, o que corresponde a cerca de 40% da população do país.

    A Rússia foi acusada repetidamente de ter interferido nas eleições presidenciais dos Estados Unidos. Nomeadamente, a mídia dos EUA afirmou que alegados hackers russos teriam roubado correspondência de Hillary Clinton e depois a publicaram na Internet, além de terem tentado interferir no sistema de contagem de votos. Moscou nega todas as acusações, considerando-as infundadas.

    Mais:

    Decisão do Twitter em proibir anúncios do RT e Sputnik 'é política', diz analista
    Senadores: mídia russa tem motivos para pedir indenização ao Twitter pelos lucros perdidos
    Tags:
    redes sociais, mídia, intervenção externa, Sputnik, RT, Facebook, Twitter, Google, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais charges

    • Quando a intromissão dá errado
      Last update: 11:31 04.08.2020
      11:31 04.08.2020

      Quando a intromissão dá errado

      O presidente dos EUA, Donald Trump, em entrevista ao site Axios, chamou o envio de tropas para o Oriente Médio de maior erro da história dos Estados Unidos.

    • Tropas dos EUA não param quietas
      Last update: 11:49 30.07.2020
      11:49 30.07.2020

      Tropas dos EUA não param quietas

      O presidente dos EUA, Donald Trump, defendeu a decisão de retirar seus soldados da Alemanha pelas importações alemãs de gás da Rússia.

    • Posso dar também uma espiadinha?
      Last update: 12:04 28.07.2020
      12:04 28.07.2020

      Todos do grupo querem fuçar

      Usuários da rede social Instagram perceberam que o aplicativo estava ligando a câmera frontal de smartphones sem autorização, enquanto empresa diz que tudo não passa de um erro técnico.

    • Quando há espaço só para os parças
      Last update: 10:18 27.07.2020
      10:18 27.07.2020

      Quando há espaço só para os parças

      A Alemanha se opõe ao retorno da Rússia ao G7, disse o ministro das Relações Exteriores alemão, Heiko Maas, em entrevista ao jornal Rheinische Post.