01:00 18 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Charges

    Quando a direita chega junto com migrantes

    Charges
    URL curta
    880

    Na Alemanha, neste domingo (24), tiveram lugar as eleições parlamentares que trouxeram algumas surpresas, nomeadamente a ascensão do partido de direita Alternativa para a Alemanha (AfD, na sigla em alemão).

    Quando junto com os migrantes chega a direita

    A União Democrata Cristã (CDU, na sigla em alemão), juntamente com o braço bávaro, a União Social Cristã (CSU), agremiação da atual chanceler Angela Merkel, ganhou as eleições com 33% dos votos e obteve 246 lugares no Bundestag (parlamento alemão).

    Porém, este é o pior resultado do partido em mais de seis décadas.

    O partido Social-Democrata da Alemanha (SPD), antigo aliado da base Merkel que resolveu romper a aliança obteve 20,5% dos votos e 153 lugares no parlamento. É o pior resultado do SPD desde o pós-guerra.

    Vale destacar que o partido Alternativa para a Alemanha, famoso pela sua retórica de direita conservadora e anti-islamista, que nas eleições anteriores não conseguiu ultrapassar a barreira de 5% dos votos, desta vez obteve 12,6% e entrou no parlamento pela primeira vez na sua história (com 94 lugares).

    Muitos cientistas políticos veem no sucesso do AfD o descontentamento com a política migratória de Angela Merkel por parte de alguns alemães.

    Tags:
    migrantes, direita, eleições, AfD, Angela Merkel, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais charges