20:38 12 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Charges

    Torturas americanas muito refinadas

    Charges
    URL curta
    1050
    Nos siga no

    A edição norte-americana The Daily Beast comunicou que os prisioneiros de Guantánamo, na ilha de Cuba, são torturados com transmissões do canal RT.

    Torturas americanas muito refinadas

    Um representante da prisão confirmou que o canal RT realmente faz parte do pacote de 200 canais que são acessíveis para os prisioneiros de Guantánamo, mas sublinhou que eles não são limitados na sua escolha.

    Entretanto, o ex-prisioneiro de Guantánamo, Moazzam Begg, disse que é pouco provável que os americanos "torturem" prisioneiros os obrigando a ver transmissões do RT, porque este é um dos poucos canais que presta uma atenção particular aos acontecimentos nessa prisão.

    Tags:
    prisão, RT, Guantánamo, Cuba, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais charges

    • Alemanha acumula cerveja no afeganistão
      Last update: 12:35 08.06.2021
      12:35 08.06.2021

      Alemães no Afeganistão: um mar de cerveja

      Após proibição de consumo de bebidas alcoólicas a seus soldados, Defesa da Alemanha fica sem saber o que fazer com 22,6 mil litros de bebidas alcoólicas no Afeganistão.

    • Dinamarca orelhão
      Last update: 08:46 31.05.2021
      08:46 31.05.2021

      Dinamarca: o orelhão dos EUA na Europa

      De acordo com investigação da própria Dinamarca, o país facilitou aos EUA acesso aos seus sistemas de comunicações para que Washington espionassem líderes europeus.

    • Roda roda no afeganistão
      Last update: 10:52 28.04.2021
      10:52 28.04.2021

      Tá vindo ou tá indo?

      Enquanto os Estados Unidos procedem com o plano de retirada de soldados do Afeganistão, é planejado o envio de 650 militares norte-americanos para proteger a saída.

    • Torrar dinheiro
      Last update: 13:14 22.04.2021
      13:14 22.04.2021

      Torrando bilhões de dólares em vão

      Enquanto a OTAN prepara-se para retirar plenamente suas tropas do Afeganistão, a chancelaria russa disse que a campanha no país foi "sem glória".