00:06 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Charges

    Quando um Petya põe em risco toda humanidade

    Charges
    URL curta
    135
    Nos siga no

    Países como a Rússia, Dinamarca, França, Espanha e Ucrânia relataram ter sido vítimas de ciberataques que têm como objetivo sequestrar informações de bancos de dados para, em seguida, só liberá-las mediante pagamentos online.

    Quando um Petya põe em risco toda humanidade

    O vírus de resgate Petya, que vem sendo apontado como arma de um ataque cibernético que afetou vários órgãos da Europa nesta terça-feira (27), também seria um dos responsáveis pelos problemas causados em vários sistemas informáticos na Ucrânia, incluindo da usina nuclear de Chernobyl, segundo afirmaram autoridades locais.

    Tags:
    ataque cibernético, vírus de resgate Petya, Europa, Ucrânia, Chernobyl
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais charges

    • Android não é mais bem-vindo aqui
      Last update: 10:47 10.09.2020
      10:47 10.09.2020

      Android não é mais bem-vindo aqui

      Gigante chinesa das telecomunicações Huawei anunciou utilização do próprio sistema operacional Harmony 2.0 em seus smartphones a partir de 2021 devido a limitações comerciais impostas pelos EUA.

    • Perdendo a corrida na Síria
      Last update: 11:46 27.08.2020
      11:46 27.08.2020

      Perdendo a corrida na Síria

      Durante tentativa de bloquear a passagem de um comboio de blindados russos na Síria, soldados americanos acabaram ficando feridos durante colisão entre um blindado da Rússia e outro americano.

    • Quando a intromissão dá errado
      Last update: 11:31 04.08.2020
      11:31 04.08.2020

      Quando a intromissão dá errado

      O presidente dos EUA, Donald Trump, em entrevista ao site Axios, chamou o envio de tropas para o Oriente Médio de maior erro da história dos Estados Unidos.

    • Tropas dos EUA não param quietas
      Last update: 11:49 30.07.2020
      11:49 30.07.2020

      Tropas dos EUA não param quietas

      O presidente dos EUA, Donald Trump, defendeu a decisão de retirar seus soldados da Alemanha pelas importações alemãs de gás da Rússia.