02:08 22 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Charges

    Condoleezza Rice 'planta bananeira' para situação iraquiana

    Charges
    URL curta
    6115
    Nos siga no

    Os Estados Unidos invadiram o Iraque em 2003 e não foi para trazer a democracia ao país. O objetivo era derrubar o presidente Saddam Hussein, disse a ex-Secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice.

    Condoleezza Rice 'planta bananeira' para situação iraquiana

    "Nós não fomos ao Iraque para levar democracia, fomos ao Iraque para derrubar Saddam Hussein… Foi um problema de segurança", disse Rice.

    Rice, que serviu como conselheira de segurança nacional para o presidente George W. Bush na época, negou que os Estados Unidos estavam determinados a usar o seu poder militar para impor a democracia ao Iraque em 2003, ou ao Afeganistão, em 2001.

    Tags:
    democracia, Condoleezza Rice, George W. Bush, Saddam Hussein, Iraque, Afeganistão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais charges

    • Pagando dívidas à argentina
      Last update: 10:34 13.02.2020
      10:34 13.02.2020

      Pagando dívidas à argentina

      Vice-presidente argentina Cristina Kirchner declarou que a Argentina não pagaria ao Fundo Monetário Internacional "nem meio centavo" da dívida nacional até sair da recessão.

    • Dando aulas de defesa antiaérea
      Last update: 10:34 07.02.2020
      10:34 07.02.2020

      Dando aulas de defesa antiaérea

      A Defesa russa acusou Israel de utilizar novamente aeronaves civis para se defender, após seus ataques, das ações de resposta dos sistemas de defesa antiaérea da Síria.

    • Guilhotina de impeachment não deu certo
      Last update: 10:47 06.02.2020
      10:47 06.02.2020

      Guilhotina de impeachment não deu certo

      Senado absolveu Donald Trump em julgamento de impeachment, o que faz com que ele permaneça no poder.

    • Quando a corrida não resulta em nada
      Last update: 12:38 31.01.2020
      12:38 31.01.2020

      Quando a corrida não resulta em nada

      Interpol se recusou a aceitar o pedido do governo boliviano de "alerta vermelho" contra o ex-presidente Evo Morales.