00:00 22 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Charges

    Diretor do FBI que não sabe distinguir ameaças reais de fictícias

    Charges
    URL curta
    0314
    Nos siga no

    O diretor do FBI, James Comey, afirmou nesta quarta-feira (3), durante uma audiência no Senado, que a Rússia continua envolvida com a política dos Estados Unidos.

    Diretor do FBI diz que a Rússia é a 'maior ameaça para qualquer país do mundo'

    Na mesma audiência, o diretor do FBI explicou que as investigações em torno do suposto envolvimento de pessoas da campanha presidencial de Donald Trump com o governo da Rússia estão em andamento.

    “A maior lição que aprendemos é que a Rússia fará isso novamente. Em razão das eleições de 2016, eles viram que funcionou”, avaliou. Ainda sobre a Rússia, Comey destacou que o país é “a maior ameaça de qualquer nação na Terra, dada a sua intenção e capacidade”.

    Entretanto, o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, questionado durante briefing se concorda com a opinião de Comey, decidiu não chamar a Rússia de maior ameaça.

    “O presidente Donald Trump claramente deu a entender que ele considera a ameaça proveniente da Coreia do Norte com o seu potencial nuclear aquilo que ameaça a vida dos americanos e seus aliados”, disse.

    Comentando a declaração de Comey sobre a continuação do envolvimento da Rússia nos processos políticos norte-americanos, Spicer disse que se trata da opinião do FBI.

    Tags:
    Rússia, EUA, James Comey, Sean Spicer, FBI, Casa Branca, ameaça, eleições
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais charges

    • Cai fora, que esse acordo é meu
      Last update: 11:40 17.09.2021
      11:40 17.09.2021

      Cai fora, que esse acordo é meu!

      França decide cancelar comemoração histórica com EUA após Austrália trocar submarinos franceses por americanos.

    • Burocracia e míssil hipersônico
      Last update: 10:31 15.09.2021
      10:31 15.09.2021

      Míssil hipersônico que custa a sair

      Enquanto China e Rússia já possuem mísseis hipersônicos, o general norte-americano John Hyten culpou a burocracia por atrasar a produção de tal arma nos EUA.

    • EUA gastaram US$ 1 trilhão no Afeganistão
      Last update: 11:34 17.08.2021
      11:34 17.08.2021

      Afeganistão: uma caixa de surpresa de US$ 1 trilhão

      Enquanto americano, Joe Biden, disse que seu país gastou US$ 1 trilhão (R$ 5,25 trilhões) durante a campanha militar da OTAN no Afeganistão, a Rússia afirma que tudo isso foi dinheiro jogado fora.

    • Fantasma da guerra
      Last update: 13:00 06.08.2021
      13:00 06.08.2021

      'Exército fantasma' dos EUA contra China e Rússia

      General americano compara exército de robôs dos EUA para lutar contra a Rússia e China com um exército fantasma.