23:36 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Joana d'Arc dos nossos tempos

    Charges
    URL curta
    133
    Nos siga no

    Nas vésperas das eleições na França, a líder da Frente Nacional, Marine Le Pen, atraiu enorme atenção.

    Joana d'Arc dos nossos tempos

    Um ativista do grupo feminista Femen tentou atacar Le Pen nesta segunda-feira (17) durante o seu discurso. A mulher-ativista subiu correndo ao palco com um buquê de flores e começou a tirar sua roupa e logo foi detida pelos seguranças.

    Le Pen tem sido alvo de inúmeros protestos durante sua campanha eleitoral. A candidata da direita tem feito uma campanha com uma pauta política controversa, opondo-se à imigração e defendendo políticas econômicas protecionistas.

    Tags:
    eleições presidenciais, Joana d'Arc, Marine Le Pen, União Europeia, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar

    Mais charges

    • Querendo distrair atenção para quê?
      Last update: 13:10 12.12.2019
      13:10 12.12.2019

      Querendo distrair atenção para quê?

      O Senado dos EUA apelou para o Departamento de Estado para este incluir a Rússia na lista dos patrocinadores do terrorismo. Cabe ao secretário de Estado resolver quanto à tomada da medida.

    • Quando solução é simples
      Last update: 12:57 03.12.2019
      12:57 03.12.2019

      Quando solução é simples

      De acordo com analista, entrevistado pela Sputnik, a Aliança Atlântica não satisfaz mais necessidades da Turquia na área de segurança.

    • Sempre cabe mais um no Ártico para OTAN
      Last update: 11:43 29.11.2019
      11:43 29.11.2019

      Sempre cabe mais um no Ártico para OTAN

      Diplomata russo declarou em entrevista à Sputnik que a atividade militar da OTAN no Ártico, em que a aliança envolve países afastados da região, intensifica as tensões político-militares.

    • Liberdade imaginária
      Last update: 13:03 21.11.2019
      13:03 21.11.2019

      Liberdade imaginária

      Modelo de negócios do Google e Facebook ameaça os direitos humanos, declarou a ONG Anistia Internacional.