02:44 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Junto com o mundo, choramos os mortos em Bruxelas

    Charges
    URL curta
    Explosões em Bruxelas (40)
    16010
    Nos siga no

    O terrorismo não reconhece fronteiras e ameaça os povos de todo o mundo.

    Atentados em Bruxelas

    Duas explosões atingiram nesta terça-feira (22) às 08h00 (horário local) o aeroporto internacional de Bruxelas. 

    As autoridades consideram que um dos engenhos explosivos foi acionado por um homem-bomba. A terceira explosão ocorreu em um trem de metrô na estação de Maelbeek.

    Em resultado, morreram pelo menos 38 pessoas, mais de 170 ficaram feridas. O primeiro-ministro belga qualificou as explosões como atentados terroristas.

    Tema:
    Explosões em Bruxelas (40)
    Tags:
    atentado, vítimas, terrorismo, Bruxelas, Bélgica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar

    Mais charges

    • Aquele 'vizinho' que só quer o pior
      Last update: 13:15 18.09.2019
      13:15 18.09.2019

      Aquele 'vizinho' que só quer o pior

      Os EUA e aliados, dentre eles Brasil, concordaram com ativação do Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (TIAR) devido à situação na Venezuela, anunciou o Departamento de Estado norte-americano.

    • Preparações especiais para negociar com Irã
      Last update: 13:03 16.09.2019
      13:03 16.09.2019

      Preparações especiais para negociar com Irã

      O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou não estar pronto para um encontro com o Irã sem condições preliminares.

    • Aterrissagem nem um pouco leve
      Last update: 11:11 13.09.2019
      11:11 13.09.2019

      Aterrissagem nem um pouco leve

      O risco mais sério para a economia global em curto prazo, comparado com a crise de 2008, é a saída do Reino Unido da União Europeia sem um tratado ratificado sobre as condições deste processo.

    • Use já o que ainda serve
      Last update: 12:35 09.09.2019
      12:35 09.09.2019

      Use já o que ainda serve

      Segundo o portal Defence News, que citou a Administração Nacional de Segurança Nuclear dos EUA (NNSA, sigla em inglês), o lançamento em produção das bombas norte-americanas B61-12 e ogivas termonucleares W88 ALT 370 será adiantado devido a falhas detectadas.