18:30 26 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    21621
    Nos siga no

    Novo partido ainda precisa ser aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral. Atualmente, o DEM tem 28 deputados e seis senadores. O PSL tem 53 deputados e uma senadora.

    Em evento em Brasília, os presidentes do DEM, ACM Neto, e do PSL, Luciano Bivar, anunciaram nesta quarta-feira (6) a fusão entre as siglas para a criação do partido União Brasil. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda precisa aprovar o novo partido.

    ​Atualmente, o DEM tem 28 deputados e seis senadores, incluindo o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). O PSL tem 53 deputados e uma senadora. ACM Neto afirmou nesta quarta-feira (6) que a expectativa é de que a fusão leve à formação da maior legenda do país. 

    Segundo o portal UOL, todavia, o PSL deve perder entre 20 e 25 deputados mais alinhados ao bolsonarismo, já que estes devem seguir o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na nova legenda que o presidente escolher.

    Bolsonaro foi filiado ao PSL e estava no partido quando foi eleito, em 2018. O presidente deixou a legenda em novembro de 2019, dividindo a sigla em duas alas: a de Bolsonaro e a de Bivar.

    Mais:

    Nova pesquisa Datafolha: Lula amplia vantagem sobre Bolsonaro no 1º e 2º turnos das eleições 2022
    Contrariando Bolsonaro, Mourão diz que 'as eleições 2022 serão realizadas'
    'A gente vai fazer aliança política sim', diz Lula sobre eleições em 2022
    Lula diz para Bolsonaro parar 'de ser chucro e estúpido' em provocação sobre as eleições de 2022
    Tags:
    eleição, eleição, eleições, eleições, eleições
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar