17:42 26 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 112
    Nos siga no

    A seca no rio Paraná revelou ruínas de antiga cidade do interior de São Paulo, submersa desde a década de 1970.

    A seca, que fez com que o nível do rio Paraná baixasse consideravelmente, revelou colunas de concreto utilizadas para apoiar o telhado da estação ferroviária da antiga Rubineia, uma cidade que foi inundada na década de 1970 para a construção da Usina Hidrelétrica de Ilha Solteira.

    De acordo com o secretário de Turismo de Rubineia, Evandro Santos, "ainda existem de três a dois metros de água para chegar à plataforma da antiga estação", que ficava a aproximadamente 13 metros de profundidade.

    Evandro ainda revelou ao portal G1 que a margem do rio Paraná recuou aproximadamente 200 metros devido à seca na região.

    Além da estação ferroviária, foram revelados restos de construções da antiga Rubineia.

    "As ruínas ficam em uma praia de água doce chamada Ipanema. A água está baixando cerca de 12 centímetros por dia", ressaltou.

    Segundo Evandro, antigamente existiam 12 pontos de embarque e desembarque de barcos e lanchas, e hoje existem apenas cinco.

    Mais:

    Mais de 90% do oeste dos EUA está sob ameaça de seca histórica com temperatura quebrando recorde
    Com época de seca à vista, especialistas veem 'tendência desastrosa' para a Amazônia em 2021
    Templo histórico emerge de represa em meio à seca no México (FOTOS)
    Tags:
    seca, rio, São Paulo, Brasil, estiagem, ruínas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar