23:44 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    21722
    Nos siga no

    Atualmente há cerca de 13.000 migrantes, principalmente do Haiti, na cidade de Del Rio, no estado norte-americano de Texas, ao longo da fronteira EUA-México.

    A Organização Internacional para a Migração (OIM) pediu formalmente ao Brasil para que receba alguns haitianos acampados ao longo da fronteira entre EUA e México, que nutrem a esperança de entrar no país governo por Joe Biden.

    "O tema foi discutido em conversas entre autoridades de diversos países e está sendo analisado à luz da legislação em vigor", afirma nota do Itamaraty nesta sexta-feira (24) reproduzida pela agência Reuters e que não menciona o pedido da OIM, a agência de migração das Nações Unidas.

    Atualmente há cerca de 13.000 migrantes, principalmente do Haiti, na cidade de Del Rio, no estado norte-americano de Texas, ao longo da fronteira EUA-México.

    Pelo menos outros 19.000 haitianos, a maioria procedente do Brasil e do Chile, estão bloqueados na fronteira entre a Colômbia e o Panamá, esperando continuar sua viagem pela selva de Darién.

    Mais:

    Acre tem 130 mil atingidos por enchentes, além de crises de COVID-19, dengue e migração
    Judeus estão plenamente integrados no Brasil, diz analista após estudo sugerir migração para Israel
    Instabilidade no Afeganistão pode causar migração descontrolada para Europa, diz Macron
    UE prepara resposta para 'impedir migração descontrolada do Afeganistão', diz mídia
    Tags:
    EUA, México, ONU, fronteira, Brasil, Haiti, haitianos, Chile, Colômbia, Panamá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar