23:09 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    1200
    Nos siga no

    A Força Aérea Brasileira (FAB) deverá receber quatro novos caças Gripen da fabricante sueca Saab no último trimestre deste ano.

    De acordo com o vice-presidente de marketing e vendas da Saab, Mikael Franzén, citado pelo Valor Econômico, duas aeronaves estão prontas e outras duas estão em fase final de produção na Suécia.

    Franzén informou que dois dos novos caças serão transportados por via marítima ao país, no final de novembro, conforme acordo firmado.

    "Temos um simulador de voo em Gavião Peixoto, o único fora da Suécia, e estamos apoiando a FAB na introdução das aeronaves. Um piloto de testes está aqui em Linkoping [Suécia] agora mesmo, trabalhando com a nossa equipe, há dois pilotos de testes da FAB e outros dois da Embraer no interior de São Paulo", afirmou.

    Além disso, Franzén voltou a mencionar que o acordo não envolve apenas a entrega dos equipamentos, mas também sua manutenção, armas, simuladores e treinamento de pilotos.

    O Brasil adquiriu 36 aeronaves por 39,3 bilhões de coroas suecas (R$ 25,8 bilhões, se fossem pagas hoje) em 2014, das quais 15 serão produzidas na unidade de Gavião Peixoto da Embraer.

    Produzido pela fabricante sueca Saab, o Gripen é considerado um bom avião de combate, fácil de pilotar, e sua compra pelas Forças Armadas é apontada como tendo um ótimo custo-benefício, por ser mais barato do que alguns concorrentes e envolver transferência de tecnologia.

    Mais:

    Saab Gripen E testa resistência com passagem em pista alagada no Brasil (VÍDEO)
    Brasil e Suécia devem receber novos caças Gripen E em 2021, segundo Saab
    Saab no Brasil utiliza tecnologia digital para otimizar processos do caça Gripen
    Tags:
    avião de ataque, avião de combate, avião de assalto, SAAB, Força Aérea Brasileira (FAB)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar