20:29 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    9157
    Nos siga no

    Lula diz que Brasil "precisa de paz" diante da gestão "tresloucada" do atual presidente da República. Durante tour pelo Nordeste, ex-presidente impulsionou Bolsonaro a realizar entrevistas estratégicas na região para marcar presença.

    Após o presidente, Jair Bolsonaro, chamar de idiota aqueles que acham melhor comprar feijão do que fuzil na sexta-feira (27), o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), utilizou o seu perfil no Twitter para criticar o atual chefe do Executivo.

    O petista afirmou que Bolsonaro é "desprovido de qualquer resquício de humanidade" e que "ninguém aguenta mais conviver com um presidente tresloucado".

    Lula, Bolsonaro e Nordeste

    Lula estava há 12 dias em viagem pelo Nordeste visando articular alianças políticas para as eleições do ano que vem. Com alta índice de aprovação na região, o ex-presidente visitou diversos estados como Bahia, Maranhão e Pernambuco onde conversou com líderes locais, conforme noticiado. A tour do possível candidato às eleições terminou na quinta-feira (26).

    Ciente da receptividade que Lula tem no local, Bolsonaro tem dedicado grande parte das suas entrevistas a meios de comunicação nordestinos.

    Lula se reuniu com lideranças negras da cidade de Salvador, BA, O encontro foi nesta quinta-feira (26) no espaço Senzala do Barro Preto - Associação Cultural Ilê Aiyê, 26 de agosto de 2021
    © Folhapress / Olga Leria
    Lula se reuniu com lideranças negras da cidade de Salvador, BA, O encontro foi nesta quinta-feira (26) no espaço Senzala do Barro Preto - Associação Cultural Ilê Aiyê, 26 de agosto de 2021

    De 26 entrevistas exclusivas concedidas pelo mandatário em 2021, 24 ocorreram nos meses de julho e agosto, após a divulgação da notícia de que o ex-presidente viajaria por estados nordestinos. Nove destas 24 foram para veículos da região, que recebeu a mesma quantidade de entrevistas que Sul e Sudeste juntos, de acordo com o portal UOL.

    Segundo a mídia, a cada três entrevistas concedidas pelo presidente neste ano, uma foi para mídias nordestinas.

    Para cientistas políticos consultados pelo portal, o desafio de Bolsonaro é superar a lembrança de prosperidade durante o governo Lula (2003-2010), período em que houve maior oferta local de empregos e políticas sociais.

    "Existe uma memória positiva do eleitor, uma gratidão econômica em relação ao Lula", disse Adriano Oliveira, cientista político da Universidade Federal de Pernambuco citado pela mídia.

    Mais:

    Doria diz que não votaria nem em Lula nem em Bolsonaro no 2º turno e chama Aécio Neves de derrotista
    Caso sítio de Atibaia: Justiça Federal rejeita denúncia contra Lula e anuncia extinção da punição
    Bolsonaro volta a defender fuzil ao invés de feijão e convoca ministros do STF para 7 de setembro
    Tags:
    lula, Bolsonaro, Nordeste, eleições
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar