20:43 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    264522
    Nos siga no

    No mês de julho, pesquisa efetuada com os mesmos procedimentos apontava que 50% defendiam o fato de o presidente deixar o cargo. Segundo dados, esse é o maior recorde percentual já atingido em relação ao assunto.

    Segundo pesquisa realizada pelo PoderData, entre 16 e 18 de agosto, subiu para 58% o percentual de brasileiros que apoiam o impeachment do presidente Jair Bolsonaro.

    A proporção dos que acham que o mandatário deve continuar no cargo caiu 13 pontos percentuais, de 45% para 32%.

    Na última pesquisa divulgada no final de julho, 50% dos entrevistados acreditavam que Bolsonaro não deveria seguir na presidência da República. Hoje, 58% acham que um processo de impedimento deveria prosperar contra o chefe do Executivo.

    O levantamento também revelou que a rejeição ao governo chegou aos 64% e que, em relação ao trabalho pessoal de Bolsonaro, 56% consideram o presidente ruim ou péssimo, 28% o avaliam como bom ou ótimo e 13% o consideram regular.

    O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, observa antes de dar as boas-vindas ao presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, no Palácio do Planalto em Brasília, Brasil, 30 de julho de 2021
    © REUTERS / ADRIANO MACHADO
    O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, observa antes de dar as boas-vindas ao presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, no Palácio do Planalto em Brasília, Brasil, 30 de julho de 2021

    Para a consulta, foram entrevistadas 2.500 pessoas em 433 municípios em 27 estados do país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, segundo o PoderData.

    O pedido de impeachment para tirar Bolsonaro da cadeira da presidência também teve coro no dia 14 de agosto, por parte de diversos parlamentares, que se manifestaram após o presidente dizer que instauraria um processo contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), conforme noticiado.

    Mais:

    Lula defende urna eletrônica, diz que impeachment é possível e que 'Lira não é dono do país'
    Enquanto Datafolha aponta 54% a favor de impeachment, Lira rebate: 'Brasil não pode desestabilizar'
    'Impeachment já', 'ditador igual a Chávez': parlamentares opinam ante decisão de Bolsonaro sobre STF
    Tags:
    Brasil, Bolsonaro, impeachment, pesquisa, política
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar