12:20 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Coronavírus no Brasil em meados de julho de 2021 (17)
    435
    Nos siga no

    Em junho, Eduardo Bolsonaro já havia tido a conta suspensa após publicar um vídeo de seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, dizendo que a maior parte das mortes por COVID-19 no Brasil não foi causada pela doença.

    O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) recorreu na segunda-feira (19) à Justiça do Distrito Federal contra a plataforma Facebook. O filho do presidente da República teve seu perfil na rede social suspenso por 30 dias desde 14 de julho e agora solicita liminar para derrubar a punição da plataforma, reporta o portal Poder360.

    Eduardo Bolsonaro teve o perfil suspenso após uma publicação com frases creditadas ao ditador alemão Adolf Hitler. O parlamentar reclama que não teve possibilidade de defesa.

    O deputado é reincidente. Em junho, Eduardo recorreu ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) contra a empresa norte-americana, que havia suspendido suas publicações no Facebook de 8 a 14 de junho.

    O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), no dia 8 de dezembro de 2020
    © Folhapress / Pedro Ladeira
    O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), no dia 8 de dezembro de 2020

    A suspensão em junho ocorreu após Eduardo Bolsonaro ter publicado um vídeo de Jair Bolsonaro dizendo que a maior parte das mortes por COVID-19 no Brasil não tinha sido causada pela doença. O próprio presidente admitiu que errou após o episódio.

    Durante todo o período da pandemia do novo coronavírus, Eduardo Bolsonaro e o pai tiveram vídeos suspensos no YouTube por propagação de desinformação. No Twitter e no Facebook, publicações também foram marcadas como falsas.

    Tema:
    Coronavírus no Brasil em meados de julho de 2021 (17)

    Mais:

    Discurso de Lula repercute nas redes sociais, veja as melhores reações
    Espionagem na Internet: contas em redes sociais suspensas na China após vazamento de dados militares
    Equipe de Trump lança 'discretamente' nova plataforma nas redes sociais, conta mídia
    COVID-19: Biden diz que redes sociais estão 'matando pessoas' com informações erradas sobre vacinas
    Tags:
    pandemia, SARS-CoV-19, novo coronavírus, COVID-19, redes sociais, redes sociais, Facebook, Facebook, Facebook, Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, governo bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar