12:13 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Coronavírus no Brasil em meados de julho de 2021 (17)
    430
    Nos siga no

    Nesta segunda-feira (19), a Anvisa autorizou a realização do estudo clínico para avaliar a segurança, eficácia e imunogenicidade de uma terceira dose da vacina da AstraZeneca contra a COVID-19.

    Ao todo, dez mil voluntários, que já receberam as duas doses dos imunizantes, com intervalo de quatro semanas entre as aplicações, participarão da pesquisa, segundo a CNN Brasil.

    Trata-se de um estudo de fase três, controlado, randomizado, simples-cego, ou seja, em que só o voluntário não saberá o que tomou, podendo ter tomado uma dose da vacina ou de placebo.

    Vacina da AstraZeneca sobre a bandeira da União Europeia, 24 de março de 2021
    © REUTERS / Dado Ruvic
    Vacina da AstraZeneca sobre a bandeira da União Europeia, 24 de março de 2021

    A pesquisa, que será realizada no Brasil, contará com voluntários entre 18 e 55 anos, que estejam altamente expostos à infecção do coronavírus. Gestantes e pessoas com comorbidades não serão incluídas.

    Participarão do estudo voluntários da Bahia, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e São Paulo.

    A terceira dose da vacina AstraZeneca será aplicada entre 11 e 13 meses após a segunda dose.

    Tema:
    Coronavírus no Brasil em meados de julho de 2021 (17)

    Mais:

    Anvisa autoriza testes de soro do Butantan contra a COVID-19 em humanos
    Anvisa amplia para 31 dias período de armazenamento da Pfizer
    Anvisa decide recomendar importação das vacinas Sputnik V e Covaxin com restrições ao uso
    Tags:
    COVID-19, novo coronavírus, vacinação, vacina, Anvisa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar