06:00 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    8613
    Nos siga no

    A operação de captura do criminoso mais procurado do Rio terminou na manhã deste sábado (12).

    Ecko, ou Wellington da Silva Braga, o chefe da maior milícia do estado, foi morto na Comunidade das Três Pontes, em Paciência.

    A sua quadrilha controla uma vasta área da Zona Oeste e algumas regiões da Baixada Fluminense, explorando diversas atividades nas comunidades.

    O miliciano foi ferido no âmbito de uma operação coordenada pela Subsecretaria de Planejamento Operacional, na qual estiveram envolvidos 21 policiais.

    Na quinta-feira (10), o delegado Rodrigo Oliveira autorizou colocar o plano de captura em prática, segundo o G1. 

    Informa-se também que o criminoso foi baleado no decorrer da investida, tendo acabado por falecer após ser socorrido pelos policiais.

    A formação paramilitar atua em diversas regiões do Rio de Janeiro e tem influência em outros estados.

    Mais:

    Madrugada violenta: 17 veículos, incluindo ônibus e 1 ambulância, são incendiados em Manaus
    Jacarezinho: após operação, deputados do Rio aprovam uso de câmeras em uniformes da polícia
    Criança de 3 anos é atingida por bala perdida enquanto bebia água em bar no Rio de Janeiro
    Tags:
    criminosos, Polícia Civil do Rio de Janeiro, milícia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar