21:57 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    121
    Nos siga no

    De acordo com a família da criança, um tiro atingiu a perna e outro disparo acertou a cadeira em que o menino estava sentado enquanto bebia água. Disparos partiram de um carro em movimento, diz a Polícia Militar.

    Um menino de três anos foi baleado no domingo (30) em Senador Camará, na zona oeste do Rio de Janeiro, após parar com o tio em um bar para beber água.

    De acordo com a Polícia Militar, ocupantes de um carro passaram atirando e um dos disparos atingiu Heitor Rafael Rodrigues de Souza na perna. Ele passou por cirurgia, está sedado e precisou ficar com uma haste na perna, para se recuperar, relata a família.

    A mãe de Heitor Rafael, Sara Souza, afirmou ao portal UOL que o menino estava sentado em uma cadeira e, após um barulho, a criança começou a chorar.

    "[O tio] disse: calma, Heitor! Não chora, não! Foi o pneu do carro que estourou […]. Ele ouviu os tiros e um carro passando e perseguindo dois meninos [em uma moto]. A gente não sabe se era roubo, briga de trânsito, a gente não sabe o que realmente aconteceu. Só sabe que o motorista veio atirando […]. Infelizmente nunca acerta quem está errado, sempre acerta inocente, acertou uma criança", comentou Sara Souza.

    A criança foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento de Senador Camará e transferido em seguida para o hospital municipal Albert Schweitzer, em Realengo, também na zona oeste. De acordo com a mãe de Heitor Rafael, o menino se encontra fora de perigo.

    A Polícia Militar informou ainda que "as investigações estão em andamento para esclarecer a origem do disparo".

    Mais:

    No RJ, forças de segurança terão prioridade na vacinação contra a COVID-19
    Niterói, no RJ, anuncia vacinação com a Sputnik V
    Chacina em bar durante a madrugada deixa 5 mortos e 3 feridos no RJ (VÍDEO)
    RJ celebra Dia em Homenagem às Vítimas da COVID-19 de olho em possível nova onda
    Tags:
    Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia, crianças, criança, bala perdida, Rio de Janeiro, RJ
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar