02:30 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    106
    Nos siga no

    A projeção do mercado para a inflação brasileira em 2021 está bem perto do teto da meta, indicou a pesquisa Focus, divulgada pelo Banco Central nesta segunda-feira (24).

    De acordo com a estimativa do BC, feita a partir de análises de mais de 100 instituições financeiras, o IPCA deste ano será de 5,24%, apenas 0,01% abaixo do teto da meta.

    O centro da meta, estipulado pelo governo federal, é de 3,75%, com margem de 1,5% para mais ou para menos.

    No levantamento anterior, na semana passada, o BC indicava uma inflação de 5,15% para 2021.

    A perspectiva da inflação para 2022 também subiu, passando de 3,64% para 3,67%. O centro da meta para o ano que vem é de 3,50%, também com margem de 1,5%.

    Supermercado na zona sul do Rio de Janeiro
    Supermercado na zona sul do Rio de Janeiro

    Já no caso do PIB (Produto Interno Bruto), a estimativa de crescimento melhorou para este ano. De 3,45% na semana passada, a previsão passou a ser de 3,52%.

    Para 2022, porém, a estimativa caiu de 2,38% para 2,30%.

    A pesquisa apontou ainda uma manutenção da projeção para a taxa básica de juros do país, a Selic, sendo calculada a 5,5% em 2021 e a 6,5% em 2022.

    Mais:

    Dólar deve continuar caindo lentamente, mas é preciso cautela, diz economista
    Biden comunista? O que explica a guinada à esquerda na política econômica dos EUA
    Para aquecer economia, Colômbia reabre fronteiras com Brasil, Panamá, Equador e Peru
    Tags:
    Banco Central, previsões, economia, PIB, Brasil, IPCA, inflação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar