23:30 10 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    220
    Nos siga no

    O Ministério da Economia informou, nesta quarta-feira (28), que o Brasil gerou 184.140 empregos com carteira assinada em março. Em 2020, foram fechadas 276.350 vagas formais no mesmo mês.

    Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado mensalmente pelo ministério.

    Não é possível realizar uma comparação com a série histórica, porque, no início do ano passado, houve mudanças na metodologia de cálculo.

    Além disso, os números do Caged são coletados por empresas e abrangem apenas o setor privado com carteira assinada.

    Ou seja, o levantamento não contempla dados sobre os trabalhadores informais.

    Fachada do Ministério da economia na Esplanada dos Ministérios, em Brasília
    ©Marcello Casal Jr/Agência Brasil
    Fachada do Ministério da economia na Esplanada dos Ministérios, em Brasília

    Por isso, a pesquisa difere do levantamento sobre a taxa de desemprego, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad).

    A Pnad abrange também o setor informal da economia.

    Mais:

    Furar o teto de gastos levará a aumento do custo da dívida brasileira, afirma economista
    Bioeconomia: 'Brasil tem uma grande oportunidade nesta nova revolução econômica', diz especialista
    Brasil: 71% só veem recuperação econômica a partir de 2022, diz CNI
    Tags:
    PNAD, IBGE, Caged, dados, trabalho, trabalho informal, Ministério da Economia do Brasil, economia, carteira de trabalho, empregos, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar