16:59 06 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil afronta COVID-19 no fim de abril de 2021 (62)
    0 11
    Nos siga no

    Um levantamento realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com o Instituto FSB Pesquisa, apontou que 71% dos brasileiros só acreditam na recuperação da economia a partir do ano que vem.

    Segundo os organizadores da pesquisa, o número foi influenciado pelo ritmo de vacinação do país.

    Isso porque 83% dos entrevistados consideram lento o processo de imunização no Brasil, o que dificultaria a retomada de todas as atividades econômicas.

    A pesquisa mostra ainda que 35% das pessoas que ainda não foram imunizadas não têm expectativa de serem vacinadas neste ano.

    Para o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, a aceleração da vacinação contra a COVID-19 é uma condição imprescindível para o país.

    "Só a imunização em massa da população contra a doença recolocará o Brasil no caminho da retomada da economia, do dinamismo do mercado consumidor e na rota dos investimentos. Mais importante, a rápida execução do Plano Nacional de Imunização [PNI] - respeitando a ordem dos grupos prioritários - permitirá que a população brasileira possa, enfim, contar com a proteção contra essa doença que tem trazido enorme custo humano para o país e o mundo", afirmou Andrade.
    Pessoa recebe dose da vacina AstraZeneca, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, Brasil, 21 de abril de 2021
    © REUTERS / Ricardo Moraes
    Pessoa recebe dose da vacina AstraZeneca, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, Brasil, 21 de abril de 2021

    A pesquisa ouviu 2.010 pessoas, entre os dias 16 e 20 de abril deste ano. Em levantamento da CNI de julho de 2020, 61% diziam que esperavam a recuperação da economia a partir de meados de 2021.

    Até o momento, o Brasil tem 30.259.475 de pessoas vacinadas com a primeira dose contra o coronavírus, o que corresponde a 14,29% da população. E apenas 13.989.783 receberam a segunda aplicação (6,61%).

    Tema:
    Brasil afronta COVID-19 no fim de abril de 2021 (62)

    Mais:

    Vacinação deve estar aliada a reformas para retomada da economia no Brasil, diz especialista
    Bioeconomia: 'Brasil tem uma grande oportunidade nesta nova revolução econômica', diz especialista
    Brasil passa de 395 mil mortes por COVID-19
    Tags:
    CNI, levantamento, pesquisa, pandemia, novo coronavírus, COVID-19, Brasil, economia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar