07:10 19 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 51
    Nos siga no

    O mercado financeiro voltou a aumentar, após uma série de quedas, a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro para 2021.

    De acordo com o Relatório Focus, divulgado nesta segunda-feira (26) pelo Banco Central, as instituições financeiras consultadas projetam um crescimento de 3,09% da economia neste ano.

    No último boletim, os empresários haviam estimado que a economia cresceria 3,04% em 2021. Vale lembrar que, no dia 6 de março, o Fundo Monetário Internacional (FMI) projetou um crescimento de 4,6% do PIB da América Latina em 2021, com alta de 3,7% no Brasil.

    O relatório do Boletim Focus indica que o mercado prevê novas altas da taxa básica de juros e estima que a Selic encerre o ano em 5,50%, contra 5,25% apurado na consulta anterior.

    A taxa básica de juros está hoje em 2,75%. De acordo com o levantamento, as instituições projetam que o dólar feche o ano cotado a R$ 5,40.

    Também há previsão de alta da inflação oficial do país, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A projeção do mercado para o índice voltou a subir, de 4,92% para 5,01%.

    Aperto monetário neste ano e no próximo

    Para 2022, a expectativa de avanço do IPCA permaneceu em 3,60%, acima do centro da meta, que nesse caso é de 3,50%. Para o próximo ano, a projeção para o aumento dos preços administrados subiu a 4,34%, de 4,25%.

    Para o PIB, a estimativa de crescimento este ano melhorou em 0,05 ponto percentual, a 3,09%, enquanto que para 2022, seguiu em 2,34%.

    Manifestante diante da sede do Banco Central do Brasil em São Paulo
    © AP Photo / Andre Penner
    Manifestante diante da sede do Banco Central do Brasil em São Paulo

    Mais:

    Brasil tem queda de 4,1% no PIB em 2020
    'Lado positivo': Bolsonaro diz que PIB do Brasil não caiu tanto quanto de outros países
    Boletim Focus: mercado financeiro faz previsões para a inflação e o PIB do Brasil
    Tags:
    Brasil, PIB, economia, crescimento, crescimento econômico, Boletim Focus, projeção, Selic, inflação, Banco Central
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar