03:32 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Situação da COVID-19 em meados de abril no Brasil (74)
    0 1911
    Nos siga no

    O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (14) confirmar a decisão do ministro Luís Roberto Barroso de mandar o Senado Federal instalar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia.

    A comissão vai investigar as ações e eventuais omissões do Palácio do Planalto durante o enfrentamento da COVID-19. Nesta terça-feira (14), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), oficializou a criação da comissão.

    A análise da liminar concedida por Barroso pelos outros ministros estava marcada para começar na próxima sexta-feira (16), mas a data foi antecipada em razão da "urgência e a relevância da matéria".

    Durante seu voto, o ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso, disse que não há nada novo na decisão que tomou. Os demais ministros acompanharam o voto do relator.

    "A instalação de uma CPI não se submete a um juízo discricionário da Casa Legislativa seja do plenário da casa legislativa. Não pode o órgão diretivo ou a maioria se opor a tal requerimento por questões de conveniência ou de oportunidade políticas. Atendidas exigências constitucionais, impõe-se a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito", afirmou Barroso, citado pelo portal G1.

    A ação foi protocolada no STF pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO). No total, 31 senadores assinaram o pedido de criação da comissão, mais do que os 27 exigidos pelo regimento.

    O requerimento que pedia a criação da CPI foi protocolado no dia 15 de janeiro, mas Pacheco relutava em autorizar a instalação da comissão argumentando que a prioridade da Casa era o combate à COVID-19.

    Tema:
    Situação da COVID-19 em meados de abril no Brasil (74)

    Mais:

    Embaixador brasileiro na França rebate proibição de voos: 'Nossa economia não depende do turismo'
    Ministério da Saúde anuncia que receberá 2 milhões de doses a mais de vacinas Pfizer
    Consórcio de governos negocia 30 milhões de doses da Sputnik V para o DF e outros 6 estados
    Com época de seca à vista, especialistas veem 'tendência desastrosa' para a Amazônia em 2021
    Tags:
    Luis Roberto Barroso, pandemia, novo coronavírus, Jair Bolsonaro, Palácio do Planalto, CPI, Supremo Tribunal Federal (STF), Brasil, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar