00:31 20 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    2131
    Nos siga no

    Depois de mais de dois anos de tensões entre o Brasil e a China com o chanceler Ernesto Araújo, a relação entre os países tem sido pacífica com a chegada de Carlos França ao comando do Ministério das Relações Exteriores.

    Após poucos dias de atuação do novo chanceler, o embaixador da China no país, Yang Wanming, elogiou o novo ministro no Twitter nesta terça-feira (13).

    ​França tomou posse há uma semana, no último dia 6 de abril, com um tom muito mais moderado do que o de Ernesto Araújo, que era um dos principais integrantes da chamada ala ideológica do governo Bolsonaro.

    Em reunião com o ministro dos Negócios Estrangeiros da China, Wang Yi, na última sexta-feira (9), ele reconheceu a importância do papel da China no cenário mundial.

    Na conversa, eles discutiram sobre a importação pelo Brasil de mais insumos chineses para a produção de vacinas contra a COVID-19.

    O país ainda precisa de insumos da China para fabricar a vacina CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan e desenvolvida pela fabricante chinesa de medicamentos Sinovac.

    Além disso, a China é um dos principais parceiros comerciais do Brasil, especialmente no agronegócio.

    Mais:

    China retruca acusações de Blinken sobre pandemia: 'Governo dos EUA fez o que precisava fazer?'
    Premiê chinês sugere que Washington e Pequim precisam 'intensificar o diálogo e a comunicação'
    EUA temem poder de China e Rússia e preveem protestos violentos na América Latina, diz relatório
    Tags:
    Ernesto Araújo, chanceler, Ministério das Relações Exteriores, Brasil, China, embaixador, elogio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar