20:46 17 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Situação da COVID-19 em meados de abril no Brasil (74)
    112
    Nos siga no

    Segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a COVID-19 atrasada.

    O ministro divulgou a informação em uma reunião com jornalistas nesta terça-feira (13), conforme publicado pelo G1. Queiroga informou que o Ministério da Saúde disponibilizará uma lista por estado com o nome das pessoas que estão com a segunda dose atrasada.

    O objetivo é completar a vacinação de todas estas pessoas. A imunização reforçada é importante não só a nível individual, mas também para o coletivo. Quanto mais pessoas estiverem devidamente vacinadas, menor a chance de propagação do novo coronavírus.

    Mulher recebe dose de vacina contra a COVID-19 em Salvador, na Bahia.
    © Folhapress / Tiago Caldas /Fotoarena
    Mulher recebe dose de vacina contra a COVID-19 em Salvador, na Bahia.

    Atualmente, apenas duas vacinas têm sido aplicadas na população brasileira: a da AstraZeneca e a CoronaVac.

    Apesar de já ter sido negociada tanto com o governo federal como com estados do Nordeste brasileiro, a Sputnik V ainda não tem autorização da Anvisa para ser aplicada no Brasil.

    Nesta terça-feira (13), o governador do Piauí, Wellington Dias, disse que, se necessário, vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir a liberação da vacina russa. No dia 9 de abril, o governador do Maranhão, Flávio Dino, já havia apelado ao STF para o uso da Sputnik V.

    Tema:
    Situação da COVID-19 em meados de abril no Brasil (74)

    Mais:

    Alvo de estudo, 1ª cidade brasileira conclui vacinação em massa contra a COVID-19
    Índia se torna o 60º país a aprovar a vacina Sputnik V contra a COVID-19
    França suspende todos os voos do Brasil devido à COVID-19
    Turquia adota 'lockdown parcial' no Ramadã devido ao aumento de casos de COVID-19
    Tags:
    Marcelo Queiroga, Ministério da Saúde, vacinação, vacina, Brasil, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar