00:19 18 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no Brasil no início de abril de 2021 (87)
    342
    Nos siga no

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, nesta quinta-feira (8), o quinto ensaio clínico de vacinas contra a COVID-19 em território nacional.

    O novo imunizante que será testado foi desenvolvido pela farmacêutica britânica GSK (GlaxoSmithKline) e patrocinado pela biofarmacêutica canadense Medicago R&D Inc.

    O ensaio clínico, que avaliará a segurança, eficácia e imunogenicidade da vacina em adultos com 18 anos ou mais, é composto por três estágios. O Brasil participará da fase três.

    Esta etapa contará com até 30 mil voluntários distribuídos entre Canadá, Estados Unidos, América Latina, Reino Unido e Europa. No Brasil, planeja-se incluir 3.500 voluntários.

    As fases um e dois do estudo já estão em andamento no Canadá e nos Estados Unidos.

    A vacina da farmacêutica britânica usa tecnologia de partícula semelhante ao coronavírus (CoVLP) e é composta da proteína S expressa em forma de partículas parecidas com vírus (VLPs). O imunizante será aplicado em duas doses, com intervalo de 21 dias.

    Fachada do edifício da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em Brasília.
    © Folhapress / Frederico Brasil/Futura Press
    Fachada do edifício da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em Brasília.

    Segundo a Anvisa, os resultados obtidos até o momento demonstraram um perfil de segurança aceitável.

    Os ensaios clínicos, realizados em seres humanos, validam a relação de eficácia e segurança do medicamento para que o produto possa ser liberado ao mercado.

    Os outros quatro estudos aprovados anteriormente pela agência foram relativos às vacinas da Oxford/Astrazeneca, da Sinovac (CoronaVac), da Pfizer e da Janssen.

    Tema:
    COVID-19 no Brasil no início de abril de 2021 (87)

    Mais:

    Estudo mostra que imunização da vacina da Moderna dura pelo menos 6 meses
    Justiça suspende decisões que autorizaram entidades a importar vacinas sem precisar doar ao SUS
    Desenvolvedor da EpiVacCorona promete atualizar vacina russa para novas mutações em apenas 1 dia
    Tags:
    voluntários, Brasil, vacina, testes, Anvisa, pandemia, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar