08:20 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no Brasil no início de abril de 2021 (87)
    030
    Nos siga no

    O Brasil superou, neste sábado (3), a marca de 330 mil mortes provocadas pela COVID-19, segundo anunciou o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

    O novo balanço do Conass indica que ​1.987 novos óbitos relacionados ao novo coronavírus foram registrados nas últimas 24 horas, elevando para 330.193 o total de vítimas fatais desde o início do surto no país.

    Ao longo do último dia, ao menos 43.515 casos da COVID-19 foram confirmados no Brasil. Com isso, são 12.953.597 pessoas que já testaram positivo para o SARS-CoV-2 em território nacional desde a chegada oficial do vírus, há pouco mais de um ano.

    Ainda de acordo com o Conass, a taxa atual de letalidade da COVID-19 no país está em 2,5%, enquanto a mortalidade é de 157,1 para cada 100 mil habitantes. 

    ​Única forma comprovada de se evitar os casos graves e, consequentemente, as mortes, a imunização já é realidade para 5.272.023 pessoas no Brasil. Esse é o total de indivíduos que já tomaram as duas doses de uma das vacinas utilizadas contra a doença no país, o que corresponde a 2,49% da população nacional, segundo dados do consórcio de veículos de imprensa que acompanha a evolução da pandemia no território brasileiro. Pelo menos 18.853.892 pessoas já receberam a primeira dose (8,90% da população).

    Tema:
    COVID-19 no Brasil no início de abril de 2021 (87)

    Mais:

    Anvisa informa que recebeu pedido de uso emergencial de medicamento contra a COVID-19
    Mais de 500 pessoas morreram de COVID-19 à espera de um leito de UTI em SP
    Mutações de COVID-19 podem causar novos surtos 'devastadores' e tornar vacinas ineficazes, diz mídia
    Tags:
    COVID-19, novo coronavírus, mortes, casos, pandemia, vacina, imunização, Brasil, vírus, doença
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar