16:51 16 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    241
    Nos siga no

    Os EUA acabaram com as sanções e a restrição de vistos para funcionários do Tribunal Penal Internacional (TPI), informou o secretário de Estado do país, Antony Blinken, nesta sexta-feira (2).

    "Hoje, o presidente [Joe] Biden revogou a Ordem Executiva 13928 de bloquear as propriedades de certas pessoas associadas ao Tribunal Penal Internacional, encerrando a ameaça e impondo sanções econômicas e restrições de visto em relação ao tribunal", disse Blinken em comunicado.
    Secretário de Estado Antony Blinken, 3 de março de 2021
    © REUTERS / Andrew Caballero-Reynolds
    Secretário de Estado Antony Blinken, 3 de março de 2021

    "Como resultado, as sanções impostas pela administração anterior contra o promotor Fatou Bensouda e Phakiso Mochochoko, chefe da Divisão de Jurisdição, Complementaridade e Cooperação do Gabinete do Promotor, foram suspensas", continuou o secretário de Estado dos EUA.

    O governo Biden também encerrou a política de 2019 que impunha restrições de visto a certos funcionários do TPI, segundo Blinken.

    Mais:

    UE aceita agir como mediadora nas relações entre Cuba e EUA, informa mídia
    Carro avança contra policiais no Capitólio dos EUA; feridos são levados para hospital (VÍDEO)
    EUA vacinaram mais de 100 milhões de pessoas contra a COVID-19
    Tags:
    sanções, Tribunal Penal Internacional (TPI), governo, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar