19:16 04 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no final de março de 2021 no Brasil (116)
    0 01
    Nos siga no

    De acordo com o governador do estado, Cláudio Castro, as forças de segurança do Rio de Janeiro terão prioridade no calendário de vacinação contra a COVID-19.

    O anúncio foi feito pelo governador em exercício na manhã desta terça-feira (30), em uma rede social.

    ​O governador acrescentou que os agentes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, serão imunizados contra o coronavírus antes que outras atividades.

    "Imunizá-los é reduzir a vulnerabilidade de quem, pela natureza do trabalho, precisa estar nas ruas e delegacias atendendo ao povo", escreveu Cláudio Castro.

    Segundo o comunicado, até o dia 10 de abril, todos os profissionais de saúde estarão vacinados. No dia 12 começa a imunização dos profissionais de segurança. O dia 17 será reservado para a unificação, com todos os municípios vacinando pessoas com 65 anos de idade.

    Curiosamente, a informação divulgada pelo governador fluminense aconteceu no mesmo dia em que o prefeito do Rio, Eduardo Paes, afirmou que existe a possibilidade de ampliar a vacinação para professores e agentes de segurança.

    Segundo Paes, "professores são fundamentais, para gente dar tranquilidade para a volta às aulas, agentes de segurança, agentes de empresa pública. É um conjunto de atividades profissionais que demandam uma vacinação especial", afirmou.

    Vale lembrar que na tarde de ontem (29), o prefeito divulgou o novo calendário de vacinação para a cidade do Rio.

    Tema:
    COVID-19 no final de março de 2021 no Brasil (116)

    Mais:

    Rio de Janeiro fecha praias no fim de semana para conter avanço da COVID-19
    Rio de Janeiro decreta feriado de 10 dias para conter a COVID-19
    Em Salvador, policial militar faz disparos para cima, ameaça população, e é baleado (VÍDEO)
    Tags:
    Rio de Janeiro, polícia, Polícia Civil, Polícia Militar, governador, COVID-19, pandemia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar