09:40 11 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Por
    10720
    Nos siga no

    Decisão da Segunda Turma do STF da parcialidade de Moro na condenação de Lula no caso do tríplex está causando alvoroço até mesmo em bolsonaristas receosos da volta do PT ao Poder Executivo.

    Com a mudança do voto da ministra Cármen Lúcia, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) declarou em julgamento, por três votos a dois, que o ex-juiz federal Sergio Moro agiu com parcialidade ao condenar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex. A decisão faz o processo contra Lula voltar a estaca zero, com as provas já colhidas não podendo ser usadas em possível novo julgamento.

    Não demorou muito depois de a decisão ser anunciada para surgir tweets favoráveis e contrários, estando os últimos reunidos em uma hashtag: #LulaLivradoPeloSTF.

    Não é de hoje que apoiadores do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, criticam o Supremo Tribunal Federal, e não seria diferente com a decisão que aliviou o ex-presidente Lula. Entre tweets e mais tweets, são flagradas indagações de bolsonaristas sobre a volta do PT para a Presidência do Brasil.

    ​Chamando Lula de "velhaco ex-condenado processado por roubar o povo", o comentarista da CNN Brasil Caio Coppolla se mostrou insatisfeito com decisão do STF em vídeo.

    ​Com movimento de chamar Bolsonaro de "genocida", bolsonarista diz que, na verdade, os genocidas são os petistas Lula e Dilma.

    ​"Eu vou continuar acreditando", posta bolsonarista mensagem em pôster com a foto do presidente do Brasil.

    ​"Mostre que você não é um robô... Encontre o ladrão!"

    ​O testemunho de quem passou 10 anos fora do Brasil por causa do PT.

    ​Bolsonaristas estão cogitando a volta de Lula ao Poder Executivo.

    ​A hashtag, obviamente, está atraindo críticas também.

    ​Passando vergonha?

    Mais:

    Julgamento no STF tem maioria a favor de Moro, mas ministros ainda podem mudar voto
    Lula pede ajuda a Macron e chama Bolsonaro de 'genocida' em entrevista
    Cármen Lúcia muda o voto e Moro é declarado suspeito no caso Lula
    Tags:
    hashtag, Luiz Inácio Lula da Silva, Cármen Lúcia, Supremo Tribunal Federal (STF)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar