11:05 11 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    235
    Nos siga no

    Nesta quarta-feira (10), um juiz de Brasília decidiu marcar um interrogatório para 27 de maio deste ano com o ex-presidente Lula (PT) no âmbito das investigações sobre a compra dos caças Gripen.

    No processo, o petista Luiz Inácio Lula da Silva é acusado de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Conforme publicou o jornal Folha de São Paulo, o juiz responsável é Frederico Botelho de Barros Viana, que atua como substituto na 10º Vara Federal, em Brasília.

    Segundo a acusação do Ministério Público Federal (MPF), Lula teria participado de negociações irregulares para a compra de 36 caças Gripen da SAAB, durante a gestão da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

    Em Linköping, na Suécia, a então presidente do Brasil Dilma Rousseff (PT) participa de apresentação do caça Gripen durante visita à SAAB, em 19 de outubro de 2015
    Roberto Stuckert Filho/PR
    Em Linköping, na Suécia, a então presidente do Brasil Dilma Rousseff (PT) participa de apresentação do caça Gripen durante visita à SAAB, em 19 de outubro de 2015

    Além de Lula, a investigação também apura que o filho do ex-presidente, Luiz Cláudio Lula da Silva, teria recebido valores de um lobista para que Lula usasse sua influência nas negociações para a compra dos caças. O interrogatório de Luiz Cláudio foi marcado para o dia 28 de março.

    A investigação já ouviu testemunhas importantes, como os ex-presidentes franceses François Hollande e Nikolas Sarkozy.

    A 10ª Vara Federal, assim como a 12ª Vara - ambas no Distrito Federal -, pode receber os casos de Lula na Lava Jato, cujas condenações foram anuladas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, na segunda-feira (8).

    Com a anulação, Lula tornou-se elegível e pode concorrer nas eleições de 2022. Por ora, as provas nos casos anulados serão reavaliadas na Justiça Federal de Brasília, o que pode mudar caso o STF aponte a suspeição do ex-juiz e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro.

    Mais:

    FOTOS e VÍDEO mostram 1º voo do caça Gripen da FAB nos céus do RJ
    Ciro Gomes: Lula achou que 'poderia seguir mandando sem mandato'
    Grupo de Puebla celebra Lula e diz que petista foi vítima de 'maior equívoco' da Justiça brasileira
    Tags:
    Nicolas Sarkozy, François Hollande, Dilma Rousseff, PT, Brasília, Gripen, Luiz Inácio Lula da Silva, SAAB
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar