15:38 21 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    451
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro defendeu hoje (25), durante o lançamento da revitalização do sistema de Furnas, na subestação de Foz do Iguaçu, que toda a estatal precisa ter uma "visão social".

    Em seu discurso, Bolsonaro relembrou a construção da Usina Hidrelétrica Binacional de Itaipu, e defendeu os governos de Emílio Médici, Ernesto Geisel e João Figueiredo.

    Em seguida, ele disse que "uma estatal, seja ela qual for, tem que ter a sua visão social. Não podemos admitir uma estatal com um presidente que não tenha essa visão", afirmou Bolsonaro, em referência a Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras.

    No vídeo abaixo, o discurso de Jair Bolsonaro começa em 47'42".

    ​"O general Silva e Luna foi, não uma surpresa, mas uma realidade, tendo em vista do passado que nós conhecíamos a respeito. Estando a frente dessa estatal binacional, ele realmente a conduziu de forma ímpar, combatendo desvios e colocando-a no rumo da prosperidade", disse o presidente.

    A visita do presidente

    Jair Bolsonaro viajou ao Paraná para participar do lançamento de revitalização do sistema de Furnas, que é responsável pela transmissão ao mercado brasileiro da energia que o Paraguai não consome.

    A revitalização da linha de transmissão é essencial para reforçar a segurança energética do Brasil para as próximas décadas, pois o sistema de Furnas opera há 36 anos e está no fim da vida útil, informa o portal G1.

    O investimento é de cerca de R$ 1 bilhão. O aporte será feito pela margem brasileira da usina ao longo dos próximos cinco anos. Esse valor se soma aos mais de R$ 1,5 bilhão, em um total de R$ 2,5 bilhões investidos pela gestão do general Joaquim Silva e Luna.

    Os investimentos serão para modernizar os equipamentos responsáveis pela transmissão de energia. A cerimônia também contou com a assinatura do plano expansão de energia, documento publicado anualmente pelo Ministério de Minas e Energia para o planejamento das políticas públicas do governo.

    Usina binacional de Itaipu.
    Fotos Públicas / Itaipu Binacional / Rubens Fraulini
    Usina binacional de Itaipu.

    Mais:

    Eletrobras pede explicações sobre fala de Bolsonaro de possível interferência no setor elétrico
    Apesar da queda de popularidade, aprovação de Bolsonaro ainda não é ruim, diz especialista
    Para advogado, decreto de Bolsonaro sobre postos de gasolina e a composição de preços 'é bem-vindo'
    Tags:
    desestatização, Paulo Guedes, Jair Bolsonaro, neoliberalismo, liberalismo, Itaipu
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar