05:58 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    112
    Nos siga no

    A diretora da área financeira e de relação com investidores da Eletrobras, Elvira Cavalcanti, mandou uma carta nesta terça-feira (23) ao Ministério de Minas e Energia pedindo esclarecimentos sobre a declaração do presidente Jair Bolsonaro de que interferiria no setor elétrico.

    Cavalcanti lembrou que a Eletrobras tem ações nas bolsas de valores de São Paulo, Nova York e Madri e que divulgações do tipo devem obedecer a critérios do mercado financeiro.

    "Solicitar que seja comunicado formalmente a esta companhia se as notícias em referência são verdadeiras e/ou se existem estudos ou informações ou aprovações internas e externas a respeito do processo que devem ser divulgadas ao mercado", escreveu a diretora.

    No sábado (20), o presidente Jair Bolsonaro afirmou a apoiadores que vai "meter o dedo na energia elétrica".

    "Vamos meter o dedo na energia elétrica, que é outro problema também", disse o presidente.

    Elvira Cavalcanti escreveu também que a política de divulgação e uso de informações relevantes da empresa prevê que pessoas com acesso a dados privilegiados em razão do cargo mantenham sigilo, até que o mercado seja informado.

    "Esclarecemos que a Instrução 358/2002 da Comissão de Valores Mobiliários [CVM,] e suas alterações, bem como a Política de Divulgação e Uso de Informações Relevantes das Empresas Eletrobras, estabelecem o dever de sigilo relativo a ato ou Fato Relevante aos quais determinadas pessoas tenham acesso privilegiado em razão do cargo ou posição que ocupam, até sua divulgação ao mercado", completou.

    Mais:

    Executivos da Pfizer não aceitam condições de Bolsonaro para vender vacina ao Brasil, segundo jornal
    'Tenho enorme admiração por Bolsonaro', diz deputado português que ficou em 3º nas presidenciais
    Ministro do STJ vai propor saída jurídica que beneficia Flávio Bolsonaro, diz jornal
    'Tem muita coisa errada' na Petrobras, mas general vai 'dar arrumada' na empresa, diz Bolsonaro
    Tags:
    interferência, energia, eletricidade, explicações, carta, Eletrobras, Jair Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar