02:10 27 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 154
    Nos siga no

    Deputado federal, que publicou vídeo com ofensas a ministros do Supremo e defender o AI-5, está detido desde terça-feira (16).

    Os perfis do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) nas redes sociais Facebook e Instagram não estão mais disponíveis. Nesta sexta-feira (19), a página do deputado no Instagram diz "perfil restrito", enquanto o link para o Facebook mostra a mensagem "esta página não está disponível".

    Silveira foi detido na noite de terça-feira (16) após a publicação de vídeo em que diz desejar que Edson Fachin, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), levasse uma "surra". O deputado também ofende outros magistrados da Corte e pede o seu fechamento. O parlamentar já vinha sendo investigado no STF por participação em atos antidemocráticos e publicação de fake news.

    O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), no Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro, no dia 18 de fevereiro de 2021
    O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), no Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro, no dia 18 de fevereiro de 2021

    No dia seguinte à prisão, o STF decidiu por unanimidade manter o deputado preso. Após a notícia da detenção do afiliado, o presidente nacional do PSL, deputado federal Luciano Bivar, afirmou que o partido está "tomando todas as medidas jurídicas cabíveis" para a expulsão de Silveira.

    Na quinta-feira (18), Polícia Federal (PF) encontrou dois celulares na sala em que o deputado estava detido, no prédio da superintendência da corporação, no Rio de Janeiro. A PF abriu inquérito para investigar o episódio.

    Nesta sexta-feira (19), a Câmara dos Deputados terá uma sessão deliberativa para tratar da apreciação da medida cautelar do STF contra o parlamentar. 

    Mais:

    Câmara aprova projeto que dá autonomia ao Banco Central do Brasil
    'Reduz transparência' para sociedade brasileira: imprensa condena mudança de jornalistas na Câmara
    Partido entra com pedido no STF para suspender decretos de Bolsonaro sobre armas
    Silveira volta a atacar Supremo: 'Vou mostrar para o Brasil quem é o STF'
    Tags:
    Daniel Silveira, Prisão, STF, Alexandre de Moraes, PSL, Partido Social Liberal (PSL)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar