02:13 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil e COVID-19 em meados de fevereiro de 2021 (80)
    251
    Nos siga no

    A prefeitura de Igarapé acredita que o defeito, constatado na segunda-feira (15), tenha ocorrido durante o último final de semana. Com a falta de refrigeração adequada no local, a vacinação contra a COVID-19 na cidade foi suspensa por prazo indeterminado.

    A cidade de Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, perdeu 229 doses da vacina CoronaVac após um defeito no freezer usado para o armazenamento. O imunizante desenvolvido pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan precisa ficar em ambientes com temperatura entre 6ºC e 8ºC.

    Com a falta de refrigeração adequada no local, a vacinação contra a COVID-19 na cidade foi suspensa por prazo indeterminado. A prefeitura não especificou o dia exato do problema, mas acredita que tenha sido durante o último fim de semana, quando não ocorreu a imunização na cidade.

    Conforme publicado pelo jornal Estadão, o vigia de plantão não teria ouvido o alerta da pane no freezer, e o defeito só foi verificado nesta segunda-feira (15) por um integrante da equipe responsável por cuidar do estoque. A empresa responsável pela manutenção do aparelho, de acordo com o jornal, confirmou a falha no termostato.

    O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) abriu uma investigação para apurar a inutilização das vacinas.

    Militares desembarcam lote da vacina Coronavac no Distrito Federal
    © Folhapress / Pedro Ladeira
    Militares desembarcam lote da vacina Coronavac no Distrito Federal

    A prefeitura de Igarapé informou que, no total, recebeu 814 doses de vacinas contra COVID-19 do governo. Eram 604 da CoronaVac, mas apenas foram 375 aplicadas. Do lote da britânica Astrazeneca, todas as 210 foram utilizadas.

    "Esta situação deixou todos nós da administração municipal totalmente consternados. Estamos empenhados no combate à COVID-19 em nossa cidade e o ocorrido interrompeu nossa campanha de vacinação", afirmou o secretário municipal de Saúde de Igarapé, Leonardo Barberá.

    O representante da prefeitura também ressaltou que foi feito contato com o governo de Minas para a reposição do estoque.

    Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde afirmou que a situação no município de Igarapé "já está sendo acompanhada pela Superintendência Regional de Saúde de Belo Horizonte (SRS-BH)" e que "o fluxo de investigação de perda de imunobiológicos já está sendo seguido".

    Segundo a pasta, quanto à "reposição de doses, qualquer definição sobre o fato é realizada após a conclusão da investigação".

    Tema:
    Brasil e COVID-19 em meados de fevereiro de 2021 (80)

    Mais:

    Brasil ultrapassa a marca de 240 mil mortes por COVID-19
    Variante brasileira da COVID-19 é detectada no Rio de Janeiro pela 1ª vez, informa Fiocruz
    Estudo da Escócia afirma que protocolos contra a COVID-19 em bares não funcionam
    Tags:
    imunizante, Vacina CoronaVac, vacinação, vacina, Minas Gerais, pandemia, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar