11:33 05 Março 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil e COVID-19 em meados de fevereiro de 2021 (80)
    120
    Nos siga no

    O Ministério da Saúde assinou na segunda-feira (15) um contrato com o Instituto Butantan para a compra de mais 54 milhões de doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo instituto em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

    Segundo uma nota publicada no site da pasta, a nova remessa vai permitir que o Brasil distribua até setembro 100 milhões de doses da vacina.

    "Enviamos o contrato à Fundação na quinta-feira passada [11] e trabalhamos no Ministério todo o final de semana, e sem feriado também, esperando o contrato assinado", informou o Secretário Executivo, Elcio Franco.

    Além da CoronaVac, o país receberá até dezembro mais 42,5 milhões de doses de vacinas fornecidas pelo Consórcio COVAX Facility. Outro fornecedor de imunizantes contra o novo coronavírus é a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com quem estão contratadas mais 222,4 milhões de doses que começaram a ser entregues mês passado.

    ​O contrato para a inclusão da vacina no Plano Nacional de Imunização (PNI) já previa a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, com entrega até 30 de abril. Mas, de acordo com o secretário executivo, o governo federal preferiu adiantar a compra.

    "Preferimos adiantar a confirmação para termos logo essas 54 milhões de doses", completou Franco.

    O Ministério da Saúde informou também que deverá assinar nos próximos dias contratos de compra com a União Química para entregar dez milhões de doses da vacina Sputnik V, entre março e maio.

    Tema:
    Brasil e COVID-19 em meados de fevereiro de 2021 (80)

    Mais:

    Duas vacinas russas contra COVID-19 são eficazes contra nova cepa britânica do coronavírus
    Defensoria Pública afirma que Búzios, no RJ, pode ter surto de COVID-19 após o Carnaval
    Brasil ultrapassa a marca de 240 mil mortes por COVID-19
    Variante brasileira da COVID-19 é detectada no Rio de Janeiro pela 1ª vez, informa Fiocruz
    Estudo da Escócia afirma que protocolos contra a COVID-19 em bares não funcionam
    Tags:
    novo coronavírus, imunizante, imunização, Ministério da Saúde, Vacina CoronaVac, vacinação, vacina, Brasil, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar