22:10 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil e COVID-19 em meados de fevereiro de 2021 (80)
    0 10
    Nos siga no

    A variante brasileira do novo coronavírus, detectada inicialmente em Manaus (AM), foi encontrada pela primeira vez no Rio de Janeiro, segundo informou a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) nesta terça-feira (16).

    Além do Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Roraima e Ceará já detectaram pacientes com a nova variante. As informações foram publicadas pelo portal G1.

    A mutação chamada de P.1. possui um maior índice de transmissibilidade, mas ainda não se sabe ao certo se é mais letal do que as outras versões do coronavírus em circulação.

    "A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), confirma a informação de que foi detectado caso da variante de Manaus do SARS-CoV-2 mediante análise laboratorial", escreveu a fundação, em nota.

    Não se sabe, até o momento, se há transmissão da nova variante no estado ou se essa amostra é de alguém que pegou a mutação em outro lugar e ficou doente no Rio de Janeiro.

    No último sábado (13), a Prefeitura de São Paulo identificou a variante de Manaus do novo coronavírus em um paciente que vive na capital paulista e não esteve no Amazonas. O paciente teve apenas sintomas leves de COVID-19 e não precisou de internação.

    Tema:
    Brasil e COVID-19 em meados de fevereiro de 2021 (80)

    Mais:

    Qual é a cor da molécula do coronavírus? Cientistas revelam
    PGR avalia se Bolsonaro cometeu crime ao incentivar invasão a hospitais
    COVID-19 pode causar inflamação em canal dos testículos, aponta estudo da USP
    Brasil ultrapassa a marca de 240 mil mortes por COVID-19
    Tags:
    Rio de Janeiro, pandemia, infecções graves, infectados, infecção, casos confirmados, Fundação Oswaldo Cruz, Fiocruz, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar