04:56 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 81
    Nos siga no

    O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Alesp aprovou nesta quarta-feira (10), por dez votos a zero, denúncia de quebra de decoro parlamentar contra o deputado Fernando Cury (Cidadania).

    Em 16 de dezembro de 2020, o deputado foi flagrado em um vídeo apalpando a parlamentar Isa Penna (PSOL), na altura dos seios, dentro da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, durante votação do orçamento. 

    Cury nega o assédio e disse, por meio de sua defesa, que o ato foi um "rápido e superficial abraço". De acordo com o advogado do parlamentar, ele "jamais teve uma única queixa de desrespeito às mulheres, mas sim elogios". 

    Nas imagens, é possível ver o deputado se aproximando de Isa Penna por trás, enquanto ela conversava com membros da Mesa Diretora, e passando a mão em seu corpo. A parlamentar demonstra desconforto com a situação.

    Outros processos

    Após o episódio, a deputada denunciou Cury ao Conselho de Ética. Além disso, o parlamentar enfrenta um processo interno dentro de seu partido, o Cidadania, que pode levá-lo à expulsão da legenda. Além disso, há um processo contra ele no Ministério Público de São Paulo.

    Por meio do Twitter, Isa Penna comemorou a decisão do Conselho de Ética, mas disse que a "cassação" de Cury não estava garantida e, por isso, "não podemos baixar a guarda". 

    ​A presidente do Conselho de Ética, Maria Lúcia Amary (PSDB), designou o deputado Emídio de Souza (PT) como relator do caso. Ele terá até 15 dias para apresentar seu parecer. Depois, o colegiado poderá absolver, advertir, suspender ou até cassar Cury. 

    Para isso, é preciso que o relatório seja aprovado por cinco membros do conselho. Caso a penalidade mais grave seja aprovada, o caso segue para votação no plenário. 

    Mais:

    Presidente do Equador pede desculpas após dizer que mulheres se incomodam com assédio de feios
    Experiência universal dá dicas para evitar assédio moral na escola
    McDonald's é denunciado na OCDE por 'assédio sexual sistêmico'
    Tags:
    Conselho de Ética, mulheres, Cidadania, PSOL, assédio, São Paulo, legislativo, assembleia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar