08:21 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil contra coronavírus no início de fevereiro de 2021 (64)
    0 30
    Nos siga no

    O Brasil registrou 1.209 novas mortes pela COVID-19 e 53.665 novos casos da doença nesta quarta-feira (3). Com isso, o país chegou a 227.592 óbitos e a 9.339.921 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

    De acordo com os dados coletados até as 20h, divulgados pelo consórcio de imprensa, a média móvel de novas mortes nos últimos sete dias é de 1.051. O valor da média representa um aumento de 4% em relação ao dado de 14 dias atrás.

    Já a média móvel de casos nos últimos sete dias foi de 48.491 novos diagnósticos por dia. O número representa uma variação de -9% em relação aos casos registrados em duas semanas.

    Os dados mostram que dez estados e o Distrito Federal estão com alta nas mortes: Paraná, Goiás, Acre, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia, Bahia, Ceará, Maranhão.

    Já o balanço da vacinação contra COVID-19 no Brasil aponta que 26 estados e o Distrito Federal vacinaram 2.767.131 pessoas.

    ​Nesta quarta-feira (3), as atenções do país se voltaram para a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que determinou que testes de vacinas contra a COVID-19 em voluntários brasileiros deixaram de ser item obrigatório para empresas que desejam solicitar a autorização para uso emergencial do imunizante no Brasil.

    A decisão abre caminho para a aplicação da vacina russa Sputnik V no país. Nesta sexta-feira (5), representantes da agência vão se reunir com o Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya (Centro Gamaleya), da Rússia, e devem definir a compra de 30 milhões de doses do imunizante.

    Na última terça-feira (2) foi publicado um estudo pela revista científica The Lancet mostrando que a eficácia da vacina Sputnik V é de 91,6% em um regime de duas doses.

    Tema:
    Brasil contra coronavírus no início de fevereiro de 2021 (64)

    Mais:

    China oferecerá 10 milhões de doses de vacinas contra a COVID-19 ao COVAX
    Bolsonaro almoça com presidente do Uruguai e fala em flexibilizar Mercosul
    Brasil vem se colocando como um dos grandes exportadores de petróleo, diz economista
    Justiça do Amazonas obriga governo federal a prorrogar auxílio de R$ 300 no estado
    Huawei 'já está no páreo' para vencer leilão do 5G no Brasil, diz especialista
    Tags:
    infectados, infecção, números, vacinação, vacina, casos confirmados, mortes, pandemia, Brasil, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar