00:23 15 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil contra coronavírus no início de fevereiro de 2021 (64)
    130
    Nos siga no

    O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, cancelou hoje (1º) o ponto facultativo que tinha anunciado para a segunda-feira de Carnaval, dia 15 de fevereiro.

    Apesar do feriado de terça-feira (16) estar mantido, o prefeito citou a COVID-19 para justificar a medida, escreve o G1. O receio da prefeitura é de que a folia seja realizada de forma clandestina, e a medida é para evitar que o fim de semana prolongado tenha aglomerações nas ruas da cidade.

    Outras regiões também fizeram o mesmo: o governador João Doria cancelou o ponto facultativo em todo o estado de São Paulo; Belo Horizonte, Salvador e Fortaleza seguiram a mesma linha.

    Pelo calendário normal, o Carnaval neste ano estava previsto para acontecer de 13 a 16 de fevereiro (de sábado a terça), mas, por causa da pandemia do coronavírus, os desfiles na Sapucaí e os blocos de rua autorizados haviam sido inicialmente adiados para julho.

    Porém, no dia 21 de janeiro, Paes descartou a possibilidade de realização do Carnaval em julho. O Prefeito ressaltou "ser impossível" preparar a cidade para a festa fora de hora, mesmo com a vacinação em curso. Segundo ele, com todos vacinados, o Carnaval deve voltar a acontecer em 2022.

    O prefeito Eduardo Paes (DEM) em coletiva de imprensa.
    © Folhapress / Érica Martin
    O prefeito Eduardo Paes (DEM) em coletiva de imprensa.

    Tema:
    Brasil contra coronavírus no início de fevereiro de 2021 (64)

    Mais:

    Carnaval no coração: retrospectiva de um dos eventos mais famosos do Rio
    COVID-19: Rio de Janeiro cancela carnaval de rua em 2021
    COVID-19: Salvador suspende carnaval de 2021 e ACM Neto diz que 'depende da vacina'
    Tags:
    COVID-19, lei, Eduardo Paes, Rio de Janeiro, carnaval
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar