06:26 14 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Por
    4313
    Nos siga no

    Programada para começar nesta segunda-feira (1º), a greve de caminhoneiros e motoristas de ônibus parece já ter começado a frear o Brasil. O Twitter está sendo usado para propagá-la e trazer adeptos.

    A promessa dos caminhoneiros é de início de greve nesta segunda-feira (1º) por tempo indeterminado em todo o Brasil.

    Muito cedo, o Ministério de Infraestrutura do Brasil anunciou que todas as rodovias, concedidas ou sob gestão do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), "encontram-se com livre fluxo de veículos".

    ​O BRT do Rio de Janeiro anunciou interrupção "devido à paralisação de alguns motoristas".

    ​Para quem pega BRT no Rio de Janeiro, não há boas novidades.

    ​Há relatos de já haver interdições nos estados de Minas Gerais, Bahia e São Paulo.

    ​A sensação de finalmente poder sair de casa e não ter ônibus nas ruas.

    ​Greve na vida real e no videogame.

    ​Caminhoneiro apoiador de Bolsonaro afirma que "quem trabalha para valer, está com o presidente", e publica fotos na estrada em seu caminhão.

    ​Há quem grite "aleluia".

    Surgiu tweet sobre impedimento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra de apoiar a greve dos caminhoneiros em Belo Horizonte.

    Os caminhoneiros estão insatisfeitos com o alto preço do combustível e o baixo valor na tabela de fretes. Já os motoristas do BRT do Rio querem melhores salários e relatam falta de dinheiro para compra de combustível.​

    Mais:

    'Homem tem que ter palavra', líder caminhoneiro se diz arrependido por apoio a Bolsonaro
    Vamos cruzar os braços nesta quarta-feira, diz liderança dos caminhoneiros sobre nova paralisação
    Rio entra em estágio de atenção com paralisação de serviços do BRT
    Tags:
    BRT do Rio de Janeiro, greve geral, Greve dos Caminhoneiros
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar