09:26 20 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil lidando contra COVID-19 no final de janeiro de 2021 (92)
    0 20
    Nos siga no

    O Brasil registrou 1.099 novas mortes pela COVID-19 e 58.691 novos casos da doença nesta quinta-feira (14). Com isso, o país chegou a 222.775 óbitos e a 9.119.477 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

    De acordo com os dados coletados até as 20h, divulgados pelo consórcio de imprensa, a média móvel de mortes nos últimos sete dias é de 1.068. O valor da média representa um aumento de 12% em relação ao dado de 14 dias atrás.

    A média móvel de mortes registrada nesta sexta-feira (29) é a maior desde o dia 27 de julho, quando chegou a 1.069 óbitos.

    Já a média móvel de casos nos últimos sete dias foi de 52.049 novos diagnósticos por dia. O número representa uma variação de -4% em relação aos casos registrados em duas semanas.

    ​Os dados mostram que dez estados e o Distrito Federal (DF) estão com alta nas mortes: Paraná, Distrito Federal, Mato Grosso, Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Goiás, Roraima e Ceará.

    O Balanço da vacinação contra COVID-19 no Brasil aponta que 25 estados e o DF vacinaram 1.874.078 pessoas no país.

    Nesta sexta-feira (29), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que recebeu o pedido de registro definitivo da vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

    Segundo a Anvisa, o prazo máximo para a análise de registros de medicamentos de categoria prioritária é de 120 dias, contados a partir da data de priorização.

    Tema:
    Brasil lidando contra COVID-19 no final de janeiro de 2021 (92)

    Mais:

    'Expectativa favorável': STF pode aprovar uso da vacina Sputnik V no Brasil
    Congresso brasileiro decide o próximo presidente da Câmara; entenda o que está em jogo
    PF investigará conduta de ministro da Saúde do Brasil em crise no Amazonas
    Justiça derruba liminar que proibia retorno das aulas presenciais no estado de São Paulo
    Tags:
    COVID-19, novo coronavírus, pandemia, morte, mortes, casos confirmados, infecção, infectados, infecções graves, vacina, vacinação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar