01:29 01 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    9919
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro cumprimentou Joe Biden nesta quarta-feira (20) pela posse como novo presidente dos Estados Unidos e falou em relação "longa e sólida" com os Estados Unidos.

    Os cumprimentos foram transmitidos via Twitter e Bolsonaro ainda afirmou que enviou uma carta ao novo presidente dos Estados Unidos.

    ​O democrata Joe Biden, de 78 anos, tomou posse nesta quarta-feira (20) como o 46º presidente dos Estados Unidos, sucedendo o republicano Donald Trump.

    ​Na carta enviada ao presidente dos EUA, Bolsonaro cita parcerias entre os dois países nas áreas econômica, ambiental e científica, e fala em aprofundar as discussões sobre um possível acordo de livre comércio entre o Brasil e os Estados Unidos.

    ​"No campo econômico, o Brasil, assim como os empresários de nossos dois países, tem interesse em um abrangente acordo de livre comércio, que gere mais empregos e investimentos e aumente a competitividade global de nossas empresas. Já temos como base os recentes protocolos de facilitação de comércio, boas práticas regulatórias e combate à corrupção, que certamente contribuirão para a recuperação de nossas economias no contexto pós-pandemia", escreveu Bolsonaro.

    Biden venceu as eleições em 7 de novembro com ampla maioria dos votos: foram 306 votos eleitorais contra 232 de Donald Trump. Bolsonaro, então alinhado ao governo Trump, só reconheceu a vitória de Biden 38 dias depois, em 15 de dezembro.

    Mais:

    Em memorial, Biden pede que mortos pela COVID-19 nos EUA não sejam esquecidos
    Do início ao fim: tudo o que você precisa saber sobre posse de Joe Biden
    Biden assinará decreto para interromper construção do muro com México no 1º dia como presidente
    Biden toma posse no aniversário de 40 anos da tomada da Embaixada dos EUA em Teerã: coincidência?
    Evo Morales alfineta Biden e diz que ele terá 'desafio histórico' de reverter políticas de Trump
    Tags:
    cumprimento, Brasil, Estados Unidos, Eleições nos EUA, Joe Biden, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar