06:27 11 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    4111
    Nos siga no

    Eduardo Fauzi virou réu na Justiça Federal do Rio de Janeiro pelos crimes de terrorismo e incêndio após ser acusado de ter atacado a sede da produtora Porta dos Fundos, na véspera do Natal de 2019.

    Fauzi está preso na cidade de Ekaterinburgo, na Rússia, desde 4 de setembro do ano passado e aguarda extradição para o Brasil.

    De acordo com a denúncia assinada pelo procurador da República Fernando Aguiar, "a motivação religiosa do ato terrorista está estampada na petição apresentada pelo advogado do próprio denunciado". As informações foram publicadas pelo portal G1 nesta terça-feira (19).

    "Esta motivação religiosa estava, ademais, aditivada por preconceito homossexual, já que a indignação do denunciado e seus asseclas decorreu diretamente do fato de o vídeo produzido sugerir que Jesus Cristo teria tido uma experiência gay durante os 40 dias que passou no deserto", escreveu o procurador.

    A sede da produtora responsável pela criação dos programas Porta dos Fundos foi alvo de um ataque, em dezembro de 2019. O local fica no bairro de Humaitá, na zona sul do Rio de Janeiro.

    Eduardo Fauzi, suspeito do ataque com coquetéis molotov à produtora Porta dos Fundos, antes de ser preso, na Rússia
    © Foto / Divulgação
    Eduardo Fauzi, suspeito do ataque com coquetéis molotov à produtora Porta dos Fundos, antes de ser preso, na Rússia

    Fauzi foi flagrado por câmeras de segurança após descer do veículo usado na fuga, momentos depois do ataque com coquetel molotov à sede da produtora. O incêndio foi contido por um segurança que estava no prédio.

    A motivação do ataque seria um programa especial de Natal da produtora que insinua que Jesus Cristo teve uma experiência homossexual depois de 40 dias no deserto.

    Mais:

    'Tenha dignidade' para defender CoronaVac, pede diretor do Butantan a Bolsonaro
    'Venezuela tenta aprofundar laços com o Brasil ao enviar oxigênio para Manaus', avalia especialista
    Bolsonaro diz que não é um 'excelente presidente', mas muitos querem a volta dos 'anteriores'
    'Postura bélica' de Ernesto Araújo atrapalha negociação com a China por insumo de vacinas, diz mídia
    Tags:
    réu, religião, ataque, Porta dos Fundos, ato terrorista, terrorista, terrorismo, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar