23:09 19 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no Brasil em meados de janeiro de 2021 (97)
    0 10
    Nos siga no

    O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 será aplicado nos dias 23 e 24 de fevereiro nos municípios que decidirem adiar a aplicação da prova.

    A decisão do adiamento ficará a cargo das autoridades de cada município, segundo matéria publicada pelo G1. A atualização do cronograma foi divulgada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nesta quarta-feira (13).

    Para os municípios que não decretarem nenhuma medida de precaução por conta da pandemia, a aplicação do exame seguirá como previsto inicialmente: com o primeiro dia sendo realizado no próximo domingo (17), e o segundo dia no domingo seguinte (24).

    Esta será a primeira edição do Enem a contar também com a aplicação digital da prova. Os alunos que optaram por fazer esta versão do exame farão a prova nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro, conforme o cronograma do Inep.

    De máscara e respeitando o distanciamento social, candidatos fazem prova da Fuvest, em São Paulo, no domingo 10 de janeiro de 2021.
    © Folhapress / Fotoarena/Folhapress
    De máscara e respeitando o distanciamento social, candidatos fazem prova da Fuvest 2021, em São Paulo

    Na última sexta-feira (8), a Defensoria Pública da União (DPU) pediu à Justiça o adiamento da prova, e contou com o apoio de movimentos estudantis como a União Nacional dos Estudantes (UNE), a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e as entidades Campanha Nacional pelo Direito à Educação e Educafro.

    O Enem foi adiado de sua data original, em novembro de 2020, por conta da pandemia de COVID-19. No entanto, o país passa por um novo pico de infecções e mortes causadas pelo novo coronavírus.

    Além disso, em um ano marcado pelo ensino remoto em consequência da pandemia, os candidatos do Enem enfrentam questões psicológicas e dificuldades de acesso à Internet na preparação para a prova.

    Tema:
    COVID-19 no Brasil em meados de janeiro de 2021 (97)

    Mais:

    Postura do MEC com o Enem aprofunda desigualdade e pode impulsionar COVID-19, dizem entidades
    Diante de alta de casos da COVID-19, entidades estudantis pedem novo adiamento do Enem
    Brasil: Inep diz à Justiça ter condições de manter Enem em janeiro
    Vestibulandos fazem mutirão de memes com pedido em coro: adiem o Enem!
    'Minoria barulhenta' quer adiar Enem, diz ministro da Educação
    Tags:
    educação, provas, Enem, Enem, ENEM, vestibular, Brasil, Ministério da Educação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar