14:18 22 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Por
    131118
    Nos siga no

    Com a legalização do aborto na Argentina, quem acabou entrando na lista de cancelamento foi o Papa Francisco, que está sendo chamado de "anticristo" por cristãos brasileiros.

    Na madrugada desta quarta-feira (30), o Senado argentino aprovou a legalização do aborto nas primeiras 14 semanas de gestação, colocando a Argentina na lista dos poucos países latino-americanos com aborto legal.

    Na terça-feira (29), antes da descriminalização do aborto ser aprovada na Argentina, o Papa Francisco divulgou em tweet que "todo descartado é filho de Deus".

    ​A legalização do aborto na Argentina não está sendo bem recebida por cristãos brasileiros, que decidiram cancelar o Papa Francisco.

    ​Há quem diga que o Papa Francisco está "comemorando".

    ​"Não tem influência."

    ​O Papa é "anticristo"?

    ​Tem gente que está aproveitando para levantar outros temas provocantes.

    ​Em contramão, há muitos brasileiros elogiando o Papa Francisco por mostrar uma "oposição civilizada".

    ​Aquela comparação Brasil-Argentina.

    ​O assunto "Papa" é o mais comentado nesta quarta-feira (30) no Brasil, com mais de 200 mil tweets. Não é a primeira vez que o pontífice bomba no Twitter.

    Mais:

    Manifestantes protestam contra projeto de legalização do aborto na Argentina
    Câmara dos Deputados da Argentina aprova o aborto
    Senado argentino aprova legalização do aborto
    Tags:
    descriminalização do aborto, Papa Francisco
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar