13:58 24 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    137
    Nos siga no

    A avaliação positiva do governo Bolsonaro subiu de 42% para 47%, segundo pesquisa DataPoder divulgada nesta quarta-feira (23). A desaprovação é de 46%. 

    Na enquete anterior, a avaliação negativa do governo era de 48%. A queda de dois pontos ocorreu dentro da margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos. 

    O instituto fez 2.500 entrevistas, em 470 municípios, nas 27 unidades da Federação, de 21 a 23 de dezembro. 

    Por outro lado, ao serem perguntados sobre o trabalho de Jair Bolsonaro como presidente, 42% dos entrevistados disseram que é ruim ou péssimo; enquanto 39% afirmaram que é ótimo ou bom. Os dois índices variaram dois pontos percentuais para cima desde a última pesquisa. 

    Já o grupo que avaliou Bolsonaro como regular caiu de 20% para 17%, o que pode indicar uma intensificação da polarização. Na pesquisa de 28 a 30 de setembro, a taxa era de 27%.

    Pior avaliação depois de Collor

    Pesquisa Datafolha feita entre os dias 8 e 10 de dezembro, período de agravamento da pandemia no Brasil, mostrou que o governo Bolsonaro segue com sua melhor avaliação desde o início do mandato. 

    De acordo com a enquete, 37% dos brasileiros consideram o trabalho do presidente ótimo ou bom, mesmo percentual do levantamento anterior. Os que avaliam Bolsonaro como ruim ou péssimo são 32%, frente aos 34% da pesquisa anterior. Além disso, 29% disseram que a atuação de Bolsonaro é regular, contra 29% da enquete passada. 

    Ao mesmo tempo, Bolsonaro tem a pior avaliação para um presidente em primeiro mandato, com a exceção de Fernando Collor (1990-92).

    Queda de popularidade

    pesquisa Ibope feita entre os dias 5 e 8 de dezembro apontou que 33% dos brasileiros consideram o trabalho de Bolsonaro ruim ou péssimo, contra 29% do levantamento anterior. 

    A enquete indicou ainda que 35% da população avalia o presidente como bom ou ótimo, frente a 40% da pesquisa anterior. 

    Mais:

    Em entrevista ao próprio filho, Bolsonaro diz que 'pressa para a vacina não se justifica'
    Reino Unido fez lobby com Bolsonaro antes de ele ser eleito presidente, revela jornalista
    CoronaVac: Doria tem vantagem sobre Bolsonaro, mas não apaga passado como aliado, diz analista
    Tags:
    Fernando Collor, presidente, Ibope, Datafolha, pesquisa, governo, Brasil, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar