22:16 17 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    390
    Nos siga no

    Uma operação da Polícia Federal na divisa do Pará com o Amazonas terminou com a maior apreensão de madeira irregular da história do Brasil. Foram 131,1 mil metros cúbicos de toras apreendidas – um volume suficiente para construir 2.620 casas.

    O volume foi divulgado nesta segunda-feira (21) pela Polícia Federal. No total, 43.700 toras foram apreendidas ao longo dos rios Mamuru e Arapiuns, em uma região de 20 mil km² (para efeito de comparação, o estado do Sergipe tem 21,9 mil km²).

    A operação foi batizada de Handroanthus GLO, que reúne o nome científico do ipê, a árvore mais cobiçada pelos madeireiros na Amazônia, à sigla da Garantia da Lei e da Ordem.

    "É uma área que estava sofrendo uma devastação irracional, que de forma alguma pode ser chamada de manejo florestal. O comércio ilegal de madeira sofrerá um baque muito grande com esse trabalho", disse à Folha o superintendente da Polícia Federal no Amazonas, Alexandre Saraiva, comandante da operação. 

    Até então, o recorde de apreensão eram de 65 mil metros cúbicos de madeira ilegal extraída, também no Pará. O volume, apreendido em 2010, corresponde à metade do novo recorde.

    © Foto / Reprodução / Polícia Federal
    Polícia Federal realiza maior apreensão de madeira ilegal da história do Brasil

    Na última quinta-feira (17), dados publicados pelo Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), mostraram que o desmatamento na Amazônia foi o maior em um mês de novembro nos últimos dez anos.

    No dia 30 de novembro, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) divulgou que o desmatamento da Amazônia apresentou uma alta de 9,5% no último ano. No entanto, levando-se em conta a média dos dez anos anteriores à posse de Jair Bolsonaro, o desmatamento cresceu 70%, segundo o Observatório do Clima.

    Mais:

    Desmatamento na Amazônia pode prejudicar acordo de livre comércio entre Mercosul e UE
    Pelo 6º ano seguido, terra indígena de Cachoeira Seca tem alta no desmatamento
    Mineração na Amazônia bate recordes de desmate nos últimos 2 anos
    Desmatamento na Amazônia cai quase pela metade em novembro, diz Ministério da Defesa do Brasil
    Tags:
    Brasil, Polícia Federal, desmatamento, Amazonas, Pará, Amazônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar