05:47 31 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil luta contra COVID-19 no final de dezembro (60)
    0 51
    Nos siga no

    O governador assegurou o início da vacinação contra a COVID-19 em São Paulo para o dia 25 de janeiro.

    O governador João Doria (PSDB), disse nesta segunda-feira (21) que o estado de São Paulo vai receber até o dia 24 de dezembro matéria-prima para produzir mais 5,5 milhões de doses da vacina CoronaVac.

    Doria afirmou também que, além deste, mais dois carregamentos de vacinas vão chegar à capital do estado até o dia 31 de dezembro. Com as novas entregas, São Paulo terá 10,8 milhões de doses disponíveis até o fim de 2020.

    A declaração foi feita durante entrevista coletiva realizada no Palácio dos Bandeirantes e transmitida on-line.

    Segundo Doria, este é o maior lote de vacinas contra o novo coronavírus já desembarcado na América Latina.

    Governador de São Paulo, João Doria (à esquerda), e diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas (à direita), mostram dose da vacina CoronaVac, São Paulo, 9 de novembro de 2020
    © AP Photo / Andre Penner
    Governador de São Paulo, João Doria (à esquerda), e diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas (à direita), mostram dose da vacina CoronaVac, São Paulo, 9 de novembro de 2020

    O governador informou também que o estado está adicionando mais 100 milhões de agulhas e 100 milhões de seringas ao estoque, para garantir que não haja problema de abastecimento durante a vacinação contra a COVID-19.

    "Iniciamos o processo de compra para a aplicação da vacina do Butantan, adicionalmente ao estoque já disponível na secretaria de saúde do estado. Nós estamos ampliando o estoque para termos certeza, convicção de que nenhum insumo faltará para o sistema médico do estado", disse Doria.

    Estes equipamentos, segundo o governador, serão distribuídos nos 645 municípios do estado por meio do programa estadual de imunização.

    João Doria reiterou que o início da vacinação contra a COVID-19 no estado de São Paulo está mantido para o dia 25 de janeiro.

    Tema:
    Brasil luta contra COVID-19 no final de dezembro (60)

    Mais:

    Brasil tem pelo menos 186.773 óbitos por COVID-19
    COVID-19: iniciam testes clínicos de vacina conjunta do Centro Gamaleya e da AstraZeneca
    Seul proíbe reuniões de mais de 4 pessoas devido ao aumento de mortes por COVID-19
    Agência da União Europeia recomenda vacina da Pfizer contra COVID-19
    Tags:
    novo coronavírus, pandemia, COVID-19, Brasil, São Paulo, João Doria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar