00:36 20 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    064
    Nos siga no

    A deputada estadual pelo Rio de Janeiro, Renata Souza (PSOL), registrou um boletim de ocorrência nesta segunda-feira (21) na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) após receber ameaças de morte nas redes sociais na última semana.

    Renata Souza, que foi candidata à Prefeitura do Rio de Janeiro nas eleições deste ano, disse que informou a presidência da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) que encaminhou um ofício à Secretaria de Polícia Civil para que as medidas cabíveis fossem tomadas.

    "São ameaças que atentam contra a minha vida, e isso é muito grave, afinal de contas eu sou presidente da Comissão de Direitos Humanos, que trabalha com vários temas graves de violações. Não podemos subestimar qualquer tipo de ameaça. Essa é uma ameaça que, inclusive, cita a Marielle", afirmou, citada pelo jornal O Globo.
    Renata Souza (PSOL),  deputada estadual pelo Rio de Janeiro.
    © Foto / Fernando Frazão/ Agência Brasil
    Renata Souza (PSOL), deputada estadual pelo Rio de Janeiro.

    Segundo a denúncia apresentada na DRCI, uma pessoa ameaçou a vida da parlamentar e disse: "Você fala demais...Vai perder a linguinha". No mesmo post, a pessoa ainda escreve: "Por isso que Marielle morreu".

    ​A parlamentar pede para a Polícia Civil abrir uma investigação para descobrir o autor da mensagem.

    "Foi uma mensagem, e eu preciso que a polícia investigue. Espero que eles me deem resposta. Afinal de contas, existe um trabalho contundente à frente da comissão. Nenhum tipo de ameaça deve ser subestimada", declarou.

    A deputada "está analisando" a possibilidade de sua segurança ser reforçada frente às ameaças.

    "O teor é, basicamente, tentando me silenciar. Falam que já aconteceu com a Marielle e vai acontecer com outra pessoa. O teor traz uma questão de 'falar demais'. Uma parlamentar que foi eleita para falar, parlar é igual a parlamento, da fala. Estou sendo ameaçada e cerceada. Minha atribuição enquanto legisladora está sendo ameaçada. Isso é uma ameaça à democracia", completou.

    Mais:

    Desembargadora que ofendeu Marielle vai julgar Flávio Bolsonaro no TJ-RJ
    Caso Marielle: nova pista intriga investigadores
    Boulos vira o jogo: 'PSOL vai ter que conversar com PT e PT com PSOL', diz especialista
    Crivella diz que Paes levará pedofilia para escolas com PSOL e Freixo rebate: 'Ser rastejante'
    Tags:
    PSOL, ameaças de morte, ameaça, queixa, Polícia Civil, Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, delegacia, Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar